Perfis do Instagram que viraram negócios: Vamos Pra Onde

Continuando a minha sequência de posts sobre perfis do Instagram que viraram negócios (veja a conversa com o Andy Spinelli, do Destinos Imperdíveis, aqui), hoje o papo é com a Raquel Furtado, do Vamos Pra Onde, entre as contas brasileiras mais famosas que existem e com a marca de 100 mil seguidores em menos de um ano – hoje, são 157 mil followers!

+ Como ganhar seguidores no Instagram

Ela criou o Vamos com o apoio do namorado, o Leo, e do dia pra noite se viu de frente com seguidores do Brasil inteiro pedindo dicas de viagens. A identidade visual do perfil preserva muito o azul – aliás, céus azuis são os que rendem mais likes eeeeever -, e os cliques em paisagens naturais de sonho. Hoje, o Vamos também virou blog, reunindo fotos e dicas de todas as experiências do casal.

 

@vamospraonde

“Sempre fomos loucos para descobrir cantinhos novos do mundo! Nossas economias constantemente iam para passagens aéreas e reservas de hotéis –  e fosse final de semana, feriado ou férias, a certeza era de que iríamos viajar! Com nosso passaporte cheio de carimbos e álbuns de fotos sem fim, nossos amigos quase sempre nos pediam ajuda na hora de montar um roteiro para as férias – e a gente adorava! Criamos então o Vamos Pra Onde no Instagram, que seria como um diário das nossas experiências mundo afora para a consulta de todos aqueles que desejassem. De repente, os acessos foram crescendo e os comentários dos amigos passaram a ser de todo o Brasil. Nossas dicas começavam a tomar proporções bem maiores do que imaginávamos e em menos de um ano começamos a influenciar mais de 100 mil seguidores em busca de inspirações, dicas pontuais e relatos reais sobre os seus destinos de interesse. Começamos a receber e-mails com solicitações de orçamento para montarmos roteiros personalizados, com solicitações de pacotes de viagens, com convites para conhecer hotéis ou experimentar novidades de companhias aéreas… E assim o Vamos foi tomando cara de negócio. Não vislumbramos ser uma agência de turismo e não nos limitamos em ser um blog. Somos uma empresa que ajuda viajantes brasileiros a viajar mais, com mais qualidade, sempre descobrindo lugares incríveis.”

Moraine Lake, no Parque Nacional de Banff, Canadá: As Montanhas Rochosas, com mais de 4 800 quilômetros de extensão, seguindo desde British Columbia, no oeste do Canadá, até o Novo México, no sudoeste dos Estados Unidos, são a base de lagos originados pelas geleiras formadas nos topos das montanhas, que no verão ganham tons de azul turquesa de tirar o fôlego (texto e foto: Raquel Furtado)

As Montanhas Rochosas, com mais de 4 800 quilômetros de extensão, seguindo desde British Columbia, no oeste do Canadá, até o Novo México, no sudoeste dos Estados Unidos, são a base de lagos originados pelas geleiras formadas no topo da cordilheira, que no verão ganham tons de azul turquesa de tirar o fôlego (texto e foto: Raquel Furtado)

No caminho até o Lake Louise, não deixe de parar para fotografar o Peyto Lake, esse lago com um azul surpreendente. Para dar mais charme ainda à viagem, se hospede nas margens do Bow Lake – e se conseguir encarar a água fria, um mergulho por lá é sensacional! (texto e foto: Raquel Furtado)

No caminho até o Lake Louise, não deixe de parar para fotografar o Peyto Lake, esse lago com um azul surpreendente. Para dar mais charme ainda à viagem, se hospede nas margens do Bow Lake – e se conseguir encarar a água fria, um mergulho por lá é sensacional! (texto e foto: Raquel Furtado)

A parte canadense das Rocky Mountains nos conquistou de uma maneira inexplicável. As Rockies estão presentes em quatro Parques Nacionais reconhecidos como Patrimônio Mundial da UNESCO. O mais conhecido deles, o Parque Nacional de Banff, é o que abriga o super famoso Lake Louise; mas há também os parques de Jasper (o maior entre eles), Kootenay e Yoho (foto e texto: Raquel Furtado)

A parte canadense das Rocky Mountains nos conquistou de uma maneira inexplicável. As Rockies estão presentes em quatro Parques Nacionais reconhecidos como Patrimônio Mundial da UNESCO. O mais conhecido deles, o Parque Nacional de Banff, é o que abriga o super famoso Lake Louise; mas há também os parques de Jasper (o maior entre eles), Kootenay e Yoho (foto e texto: Raquel Furtado)

Semana que vem tem mais vindo aí!

Siga no Instagram: @anna.laura e @viagemeturismo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s