Paris se rende

Ingressos para o torneio de tênis de Roland Garros agora podem ser comprados pela internet

Por Camilla Veras Mota (edição) Atualizado em 14 dez 2016, 11h58 - Publicado em 17 set 2011, 18h28

Até o ano passado, os ingressos para o torneio de Roland Garros, um dos quatro que compõem a elite das competições de tênis mundiais (o Grand Slam), só podiam ser encontrados nos guichês do complexo, em Paris, ou nos pacotes de operadoras especializadas. Fazendo jus à importância do evento, que acontece ali desde 1925, a Federação Francesa de Tênis autorizou a partir de 2011 a venda on-line de bilhetes para os jogos, que começam em 17 de maio. No site www.rolandgarros.billetterie.fft.fr (disponível em francês, inglês, espanhol e alemão) há explicações bastante didáticas. Depois de passar pelas etapas de cadastro, de escolha das quadras (para ver nas arquibancadas das três quadras principais ou em telões em quadras anexas) e das formas de pagamento, o internauta recebe o e-ticket por e-mail. Basta imprimi-lo e levá-lo no dia do jogo. Pena que agora não temos um tricampeão de Rolland Garros como Guga Kuerten para seguir in loco. Vamos de Thomaz Bellucci mesmo, o brasileiro mais bem colocado no ranking mundial, que nunca esteve entre os 25 melhores. Ele até que foi bem em Paris no ano passado, caindo nas oitavas para o espanhol Rafael Nadal, o melhor do mundo.

Publicidade