Paraíba terá toque de recolher em mais de cem cidades

Medida vale para municípios com bandeira vermelha ou laranja e tem validade até o dia 10 de março

Assim como ocorreu em outros Estados do Brasil, o aumento na ocupação de leitos dos hospitais fez com que o governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania), e o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), decretassem toque de recolher das 22h às 5h a partir desta quarta feira (24). A medida vale até 10 de março. A taxa de ocupação de leitos chegou a 84% e 144 das 223 cidades do estado estão classificadas com bandeira vermelha ou laranja. Em João Pessoa e demais cidades litorâneas haverá o fechamento das praias.

De acordo com o decreto publicado nesta terça-feira (23), bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência poderão atender o público das 6h até 16h – após, apenas delivery ou para viagem. Em casos de descumprimento, o estabelecimento será multado e fechado por sete dias. 

“Não queremos aplicar esse tipo de sanção. Existe agora um protocolo que estabelece como cada segmento deve funcionar. Caso não se cumpra, evidentemente que essas pessoas precisam entender que elas fazem parte de um todo que pode ser prejudicado”, disse o governador João Azevedo. O deslocamento de pessoas que trabalham em atividades essenciais está permitido. 

Salões de beleza, barbearias, academias, hotéis e pousadas podem funcionar mediante agendamento. Shoppings poderão funcionar das 9h às 21h. As aulas da rede pública que estavam previstas para iniciar em 1 de março foram adiadas e ainda não há uma data de retorno. A Paraíba registrou até o momento 200 mil casos de Covid-19 e mais de 4 mil mortes por complicações da doença.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.