Para não ser fora da lei

Leis em países estrangeiros: atenção para não pagar mico ou ser preso fora do país

Por Simone Saggioro (edição) Atualizado em 16 dez 2016, 09h07 - Publicado em 17 set 2011, 21h23

Na manhã de 17 de maio, na Praia de Copacabana (RJ), três holandeses decidiram dar um mergulho e, na falta de sungas ou shorts, entraram nus no mar. Ao ser presos, alegaram que não conheciam a proibição e foram liberados duas horas depois. Antes de rir da desgraça alheia, é bom ficar esperto: por desconhecer as leis estrangeiras, turistas podem se meter em confusão quando visitam outros países, sendo multados ou mesmo indo parar na cadeia. Veja abaixo o que você não deve fazer em certos lugares do mundo.

Pegando Pesado

Em Cingapura, mascar chiclete é proibido. Se flagrado fazendo isso, a multa equivale a US$ 8 069 – e ainda corre o risco de ir para a cadeia.

Ex-quadrilha da fumaça

Em maio, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, expandiu a lei antifumo: é proibido acender um cigarro em parques, praças e praias. A multa chega a US$ 50. Na França, a multa é de € 68 para quem fumar em locais fechados.

Tirando o pé na chuva

Com chuva, a velocidade máxima na França diminui de 130 para 110 km/h nas autoestradas e de 50 para 40 km/h nas ruas. Se for multado 40 km/h acima de limite, a multa é de € 135 e, a 50 km/h a mais, o valor sobe para € 750 e o carro é apreendido.

Continua após a publicidade

Sem saideira

Se for pego dirigindo bêbado na Alemanha, onde o limite é uma lata de cerveja, perde a habilitação. Na Itália, paga multa e o carro é leiloado.

Semilegalizado

Ao contrário do que se imagina, o consumo de maconha não é totalmente liberado em Amsterdã. Existem coffee shops específicos em que as pessoas consomem pequenas porções da erva. Fora dali, podem ser presas, acusadas de tráfico.

Leia mais:

VT Julho de 2011 – Veja todas as reportagens desta edição

Continua após a publicidade

Publicidade