Ondas de cinco metros afundam barcos em Fernando de Noronha

Por Danilo Macedo, da Agência Brasil Atualizado em 16 dez 2016, 08h09 - Publicado em 16 jan 2013, 19h46

Ondas de cinco metros de altura atingiram o arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, na madrugada de hoje (16). Com as enormes ondas, cinco embarcações afundaram e o Porto de Santo Antônio foi danificado. De acordo com a Capitania dos Portos de Pernambuco, não há vítimas, mas o arquipélago está sendo monitorado por uma equipe de inspeção naval.

A Marinha informou que as ondas foram provocadas por um fenômeno denominado swell, gerado pela propagação da energia de tempestades oceânicas. O fenômeno pode se repetir e, por precaução, a Marinha está mandando para Fernando de Noronha o navio-patrulha Goiana para apoiar o resgate de embarcações à deriva. O navio chegará ao arquipélago amanhã (17) pela manhã.

No Porto de Santo Antônio, as ondas danificaram a escada do píer, a boia de sinalização e alguns barcos que estavam na areia da praia. Entre os barcos que naufragaram, dois eram de pesca e três de passageiros: J. Pelassa (7,9 metros de comprimento), Mardamonia (11,20 metros) e Juca II (6,1 metros). Mais quatro embarcações ficaram à deriva, e já foram resgatadas.

Fernando de Noronha, considerado um paraíso turístico, foi um território federal até 1988. Atualmente, pertence ao estado de Pernambuco. É formado por 21 pequenas ilhas que ocupam uma área de 26 quilômetros quadrados (km²). A ilha principal tem 17 km²e se situa a 545 quilômetros da capital do estado, Recife.

Leia mais:

11 pousadas e hotéis de charme no Nordeste

Continua após a publicidade

As praias deste verão

Continua após a publicidade

13 Atrações imperdíveis em Fernando de Noronha

Continua após a publicidade

Fotos de ilhas do Brasil

Continua após a publicidade

Lost em Noronha

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade