Despachar a mala está caro? “Vesti-la” pode ser a solução

Malas que viram casacos, jaquetas com 42 compartimentos, cuecas com bolsos. Empresas inventam roupas capazes de fazerem caber absolutamente tudo!

Imagine a cena: você vai entrar no avião, quando um funcionário da companhia te para.

O diálogo poderia ser mais ou menos assim:

Funcionário: “Você não pode entrar com essa bolsa!”

Você: “Mas não é uma bolsa, é o meu casaco…”

Funcionário: “Isso não é um casaco!”

Você: “Quer que eu vista?”

É então que você desmonta a bolsa até que ela vire um casaco, veste e consegue entrar tranquilamente no avião, deixando o funcionário confuso e embasbacado. Nos seus bolsos, porém, você carrega todos os itens que você precisa, e sem extrapolar os limites de peso da companhia porque não se trata mais de uma bolsa, mas de uma vestimenta.

Bizarro? Então saiba que a cena acima realmente aconteceu, e a empresa Jaktogo gravou tudo para transformar em um vídeo promocional da marca, que vende, desde 2010, bagagens “vestíveis” (chamadas em inglês de wearable luggages). Confira:

Bagagens “vestíveis”? Mas o que é isso?

Com cada vez mais companhias aéreas taxando as bagagens despachadas (e com preços nada amigáveis, vamos combinar), diversas empresas inventaram uma maneira criativa de salvar os passageiros de pagar pelas bagagens ou sofrer com o limite de peso das malas de mão: as bagagens “vestíveis”.

Elas são peças de roupa, geralmente casacos e coletes, com vários bolsos de diversos tamanhos, onde cabe de tudo, de chinelos e camisetas a notebooks e tablets.

Elas estão longe de serem as peças mais fashion que você já viu, mas podem te render uma economia bacana e menos tempo gasto em filas de check-in e esteiras de bagagem. Além disso, com algumas marcas é possível dobrar a roupa até ela se tornar uma pequena mala de ombro, o que evita que você tenha que usá-la durante todo o voo.

As marcas

Fora do Brasil, o item já se tornou bastante comum e existem várias marcas famosas que o comercializam.

Jaktogo

A Jaktogo é uma das marcas pioneiras. Com 14 bolsos de tamanhos variados e feita de um material resistente à água e vento, pode acomodar até 15 kg, segundo a empresa.

Jaktogo

Além do casaco tradicional, a Jaktogo também vende um vestido e um poncho e tem versões das peças em jeans e couro, que são um pouquinho mais bonitas (bem pouquinho). De qualquer maneira, a empresa acredita que o propósito da Jaktogo não é ser bonita, mas ser de fato uma mala – por isso ela é dobrável e só deve ser utilizada como casaco durante a entrada no avião.

Os preços variam de 69 a 265 euros, e as peças podem ser compradas no site da marca, que entrega no Brasil por mais 8 euros.

Stuffa

Com menor capacidade, a peça original da Stuffa, um colete, tem 12 bolsos internos e 2 externos e pode carregar até 5 kg.

Além desse modelo, a marca também vende casacos: o modelo Triptych conta com 10 bolsos internos e 2 externos e o Odyssey, com 12 bolsos internos e 3 externos.

Stuffa

 (Reprodução/Reprodução)

A Stuffa é um pouco mais fashion que a Jaktogo, apesar de carregar menos itens, o que talvez justifique os preços mais altos, que vão de 85 a 220 libras. As peças podem ser compradas no site da marca, que entrega no Brasil por uma taxa de 25 libras.

Bagket

Também dobrável e feita para ser usada mais como bolsa do que como roupa, a Bagket tem 22 bolsos, 10 internos e 12 externos, alguns feitos para carregar especialmente eletrônicos e materiais de leitura, e pode carregar até 7 kg. É possível comprar a Bagket no site da empresa, por 58 libras. A taxa para envio ao Brasil custa 12 libras.

AyeGear

Com muita variedade, a AyeGear comercializa de jaquetas com mangas removíveis (com 25 bolsos) a camisetas (de 3 a 5 bolsos), passando ainda por coletes (26 bolsos) e moletons (13 bolsos). Os preços vão de 18 a 134 libras. Todos os produtos podem ser adquiridos no site da empresa ou na Amazon.

AyeGear

 (Reprodução/Reprodução)

SCOTTeVEST

A SCOTTeVEST é a marca com maior variedade entre todas as outras – e suas peças ainda são bem fashion. A marca vende jaquetas, coletes, calças, camisetas, vestidos, saias, moletons, bonés e até mesmo roupas íntimas. Algumas peças chegam a ter 42 bolsos! Os preços variam de 20 dólares por uma cueca com dois bolsos a 250 dólares por alguns casacos. Os produtos são vendidos no site da marca.

SCOTTeVEST

 (Reprodução/Reprodução)

E você, vai testar essas bagagens “vestíveis”?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s