Museus e atrações para quem adora histórias de espionagem

Por Viagem e Turismo 6 ago 2015, 11h00

1. Spy museum, Washington DC

“Reúne a maior coleção de aparatos à la James Bond do mundo, como o batom-pistola ou o casaco com câmera no botão, e tem atividades interativas que mostram a vida dos agentes. Quem desejar ir além, pode participar de uma missão simulada para encontrar um artefato nuclear desaparecido.”

Foto: Lauren Misy/Flickr

Foto: Lauren Misy/Flickr

2. Intelligen Trail, Londres

“Em um tour a pé, o guia Mr. X prioriza os locais de mistérios reais que tornaram Londres a capital mundial da espionagem. Além do circuito clássico, dá para escolher rotas específicas, como a do período da Guerra Fria e a que aborda escândalos sexuais do serviço secreto britânico.”

Jamie MG/Flickr

Jamie MG/Flickr

3. KGB Museum, Tallin

“O hotel Viru, na capital da Estônia, preserva a sala utilizada pelos agentes da KGB para monitorar os telefonemas dos hóspedes estrangeiros durante o período da Cortina de Ferro. Tudo foi mantido como era – até as bitucas de cigarro no cinzeiro.”

Continua após a publicidade
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

4. Top Secret, Oberhausen

“É preciso sangue-frio para passar pelo túnel de lasers sem fazer soar o alarme. A experiência é o ponto alto deste museu, na Alemanha, que detalha artefatos do passado e mostra como é a espionagem hi-tech atual.”

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

5. Bond in Motion, Londres

“A mostra do London Film Museum reúne 50 veículos usados por James Bond em 23 filmes – caso do Aston Martin DB5 (foto), do Lotus Esprit S1 de O Espião Que Me Amava e do Rolls-Royce e 007 contra Goldfinger, além de aviões, barcos e motocicletas.”

EduardoBurckhardt-Divulgacao5 As indicações são de Eduardo Burckhardt, jornalista e autor do livro Grampo Federal

Continua após a publicidade
Publicidade