Miniguia do Japão para corintianos

Dicas para o bando de loucos que vai cruzar o mundo para ver o Corinthians jogar

As passagens já estão compradas. Os ingressos, garantidos. O hotel, reservado. A invasão corintiana ao Japão já está armada por alguns membros do bando de loucos. Se você é um desses torcedores do Timão, prontos para acompanhar o Mundial de Clubes da Fifa 2012, preparamos um guia para você se preparar para a viagem – e não só para os jogos –  na terra do sol nascente.

Visto

O vice-cônsul japonês em São Paulo, Yusuke Nakayama, foi recebido na última quarta-feira (3), na sede do Corinthians, pelo presidente do clube, Mario Gobbi, e falou que os torcedores já devem preparar seus vistos de entrada no país asiático. Ele tem a validade de 90 dias a partir da data da emissão. Veja no Manual do Viajante como tirar seu visto para o Japão. Não deixe para a última hora!

Temperatura

Durante o mês de dezembro, o inverno é a estação que vigora no Japão. Aliás, ele é rigoroso, principalmente para os brasileiros, não acostumados com o frio. Por isso, separe os agasalhos e cachecóis, além do manto de manga longa do alvinegro. Vale a pena aproveitar a neve para visitar a estação de esqui de Nagano (duas horas e meia de trem, partindo de Tóquio).

Distância entre Tóquio, Toyota e Yokohama

Cidade de Tóquio e Monte Fuji, no Japão Cidade de Tóquio e Monte Fuji, no Japão

Cidade de Tóquio e Monte Fuji, no Japão (/)

Tóquio fica próxima de Yokohama, mas bem longe de Toyota – Foto: Thinkstock

A maior parte dos corintianos que vai ver o Timão no Mundial ficará na capital japonesa e já tem o traslado para os estádios garantidos. Porém, muitos reservaram o hotel por conta e compraram o ingresso diretamente no site da Fifa, sem terem o como ir e voltar para o palco das partidas.

A cidade que recebe a semifinal do Mundial é Toyota, um distrito industrial – onde fica a fábrica da montadora de automóveis homônima –, a pouco mais de 300 quilômetros de Tóquio. São três as alternativas para chegar: um avião para Nagoya e, de lá, utilizar o sistema de trens, encarar a viagem de quase quatro horas dentro de um carro ou ônibus ou utilizar a malha ferroviária do país.

Yokohama, local da possível final entre Corinthians e Chelsea, fica a 25 quilômetros de Tóquio. A maneira mais barata de chegar lá, saindo de Tóquio, é pela Tokyu Toyoko Line. Por ¥260, você chega à cidade em 25 minutos. Outro modo é pelo trem bala da JR Tokaido Shinkansen, que te leva para a estação Shin Yokohama – ao lado do estádio – em 15 minutos.

Alimentação

Café da manhã:

O desjejum tradicional dos japoneses é bem diferente do nosso. Eles comem bolinhos de arroz, peixe grelhado e natô, um tipo de soja fermentada. Mas se você não vive sem um pãozinho e café, não se desespere. Tóquio tem boas padarias, além dos tradicionais McDonald’s e Starbucks.

Almoço:

Sushis e sashimis, iguarias tão comuns nos restaurantes japoneses do Brasil, não são apreciados diariamente pelos japoneses, como muitos imaginam. O teishoku – uma refeição executiva variada, que inclui, geralmente, arroz, salada, sopa de soja e alguma carne – é o PF (prato feito) nipônico. Outro prato muito degustado é o kare-raisu – arroz e molho de curry, muitas vezes acompanhado por legumes e uma carne –, além do ramen – ensopado de macarrão, com caldo de carne de porco e cobertura variada, com ingredientes como ovo ou cebolinha. Por último, o omoraisu – um omelete que envolve um risoto de variados sabores, coberto de ketchup. Se você não quer se arriscar na nova culinária, sempre haverá um McDonald’s, um KFC ou um Burger King.

Ramen, Sapporo, Japão Ramen, Sapporo, Japão

Ramen, Sapporo, Japão (/)

Ramen, muito comum no bairro da Liberdade, em São Paulo, é muito apreciado no Japão – Foto: City of Sapporo/divulgação

Jantar:

Como fará muito frio nesta época do ano, aproveite os pratos quentes, como o udon – um macarrão um pouco mais grosso, também ensopado, com molho shoyu, e vários ingredientes de cobertura, como tempura, carne e omelete. Outra opção é o sukiyaki – carnes fatiadas finamente, regadas ao shoyu, acompanhado de macarrão e vegetais. Assim como no almoço, os fast foods estão à disposição.

Doces:

Para os fanáticos por KitKat, o Japão tem um infinidade de sabores, entre eles, shoyu, wasabi, chá verde, milho grelhado (os mais esquisitos), morango, maçã verde e melancia (os mais “normais”). Um dos doces mais tradicionais do Japão é o anko, feito de feijão. O moti é um doce feito de arroz, também bastante consumido no país.

Câmbio

A moeda local no Japão é o Yen. Em média, R$ 1 equivale a ¥40.

Costumes brasileiros são bem diferentes dos japoneses

Atenção à etiqueta local, pois os costumes japoneses são bem distintos dos brasileiros. Nada de cumprimentar uma pessoa com beijo no rosto, evite demostrar afetividade com contato físico em lugares públicos. Se você for à casa de um local, a primeira coisa a se fazer é tirar os sapatos. Pechinchar também não é bem visto pelos nipônicos. Se estiver com pressa, nunca coma andando ou, se quer, em pé. Não assoe o nariz em público. Jamais olhe fixamente para uma pessoa, seja homem ou mulher. Nunca aponte o dedo – das mãos ou dos pés – e, principalmente, o hashi para uma outra pessoa.

Glossário básico

Bom dia: Orraioo gozaimas

Boa tarde: Connitiua

Boa noite: Comban’ua

Adeus: Sayoonara

Com licença: Sumimasen

Por favor: Onegai shimasu

Obrigado: Doomo arigatoo

Você fala inglês?: Eigo o ranachimas ka?

Eu não falo japonês: Nirrongo ua ranashimassen

Fuso Horário

A diferença da hora entre Brasil e Japão é de 12 horas a mais em terras nipônicas.

Viagem pós-Japão

Se você puder, depois da invasão alvinegra – quem sabe, com o bi mundial na bagagem –, aproveite o baixo valor das passagens aéreas para destinos próximos ao Japão, como Tailândia e a Indonésia, e fuja do frio para conhecer outras paisagens paradisíacas do Oriente.

Leia mais:

Pacote para o Mundial do Japão 2012 – 7 noites – US$ 4 998

Corintianos podem ter companhia de Neto no Japão

Pacotes para o Mundial de Clubes já estão à venda

Seleção Brasileira: ingressos para amistosos na Europa à venda

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s