Lopana: uma barraca de praia sofisticada em Maceió

Ambientes climatizados e privativos, cardápio gourmet e happy hour ao som de DJs são algumas das atrações da barraca Lopana, na praia de Ponta Verde

Por Anderson Estevan Atualizado em 16 jan 2020, 14h03 - Publicado em 6 nov 2012, 20h36

Quando se pensa em uma barraca de praia, alguns elementos são imediatamente lembrados como a cerveja, os petiscos, os pés na areia e a visão clara do mar a poucos metros de distância, não é? Mas em Maceió, há um quiosque praiano que vai além e oferece muito mais do que isso: investe em conforto e serviços diferenciados para criar um verdadeiro lounge à beira-mar.

Trata-se da Lopana, a barraca de praia que surpreende quem espera o clássico “botecão” na calçada da praia. Na praia de Ponta Verde, oferece pratos gourmet, clubes de whisky e vodca, ambiente climatizado, passeios às piscinas naturais e um animado happy hour com DJ e shows durante o verão.

“Criamos aqui um ambiente que se difere muito desse conceito de barraca de praia. A Lopana está muito mais para um lounge do que para um quiosque”, afirmou o proprietário do lugar, Eduardo Sales.

Para quem gosta de comer peixes e frutos do mar, o lugar tem em seu cardápio diversas opções de pratos com ingredientes do mar alagoano com toques regionais. Sales afirma que o camarão de parma (R$ 39,90), um empanado de queijo parmesão com o crustáceo e molho de limão é um dos petiscos preferidos da casa. Outros clássicos deste menu são: o camarão agridoce (R$ 39,90) e o peixe à bananeira (R$ 37,90).

Três ambientes para até 300 pessoas

Com capacidade para receber até 300 pessoas, a Lopana tem três ambientes: o externo, cercado e com mesas de madeira tem 65 mesas; outro literalmente com o pé na areia, com mais 20 mesas; e um terceiro, fechado e climatizado, com aquele aspecto de privativo, onde há mais oito mesas.

Com uma visão privilegiada do mar e sem a barulheira da rua, o ambiente climatizado é um dos grandes trunfos da casa, que não fica restrita somente aos visitantes ávidos pelas belezas de Maceió. “Aquele pessoal que chega do trabalho, de terno e gravata, mas mesmo assim quer curtir uma praia, tem a opção de ficar aqui. Além dos pratos e das bebidas, temos clubes de whisky e vodca aqui, além do espumantes”, disse o proprietário.

Happy hour, DJs e catamarã

Se você não acha que os ambientes e a gastronomia do Lopana são suficientes, espere até o fim da tarde, quando, quase que diariamente, a barraca tem apresentações de DJs e shows na hora do happy hour. Quase sempre ao som de música pop, o lugar acaba se tornando uma verdadeira balada à beira-mar no início da noite.

Quem quiser desfrutar das belezas naturais do entorno pode embarcar em um catamarã (R$ 30), uma jangada gigante com capacidade para 58 pessoas e que possui a banheiro, bar e cozinha que leva o visitante para as piscinas naturais de Maceió. Lá, além de aproveitar as condições especiais que só a maré das praias da capital alagoana podem proporcionar, você ainda poderá aproveitar um petisco e um drinque em pleno mar de Maceió.

Continua após a publicidade

Leia mais:

Wanchako e Divina Gula: as estrelas da cozinha em Maceió

 

Avianca lança três novos voos diários para Maceió

 

Azul e Trip terão novos voos no Nordeste

 

É disso que a gente gosta

 

Nordeste Gourmet Bahia reúne chefs em Salvador

 

Continua após a publicidade

Publicidade