Livraria Lello, no Porto, agora cobra entrada de visitantes

Por Guilherme Tosetto e Maria Ribeiro 24 ago 2015, 07h47

A Livraria Lello, um dos locais obrigatórios de qualquer roteiro turístico no Porto, passou a cobrar um valor de entrada desde o final de julho deste ano. Agora, para conhecer o interior da centenária livraria é preciso pagar 3 euros. Os bilhetes podem ser revertidos em compras, mas atenção, este valor vale apenas na aquisição de livros.

A medida foi adotada pelos donos da Lello para controlar o entra e sai no estabelecimento e, assim, devolver o ar de livraria a um lugar que havia se transformado em monumento turístico e um belo cenário para selfies, atrapalhando clientes e funcionários que disputam a emblemática escada com os turistas.

Os bilhetes são adquiridos do outro lado da Rua das Carmelitas, no centro de acolhimento da loja. Para os clientes habituais, há um cartão que custa 10 euros, e o valor também pode ser revertido em compras.

A cobrança causou uma certa estranheza, mas não intimidou os turistas que continuam formando filas, agora mais organizadas, para conhecer uma das livrarias mais bonitas do mundo.

Livraria Lello
Rua das Carmelitas, 144 – Porto
De segunda a sexta, das 10h às 19h30 (sábado até às 19h)
Fechada aos domingos
Entrada: 3 euros

Pausa para foto obrigatória entre os livros da Lello

Pausa para foto obrigatória entre os livros da Lello (Foto: Ora, Pois!)

Continua após a publicidade
Publicidade