Itacaré Eco Resort: situação do hotel na Bahia está menos pior; leia o relato

Alguns funcionários voltaram ao trabalho, e os serviços inclusos na diária estão funcionando quase normalmente

Para quem está acompanhando minha estadia no Itacaré Eco Resort, na Bahia, tenho um alento: a situação começou a melhorar. O proprietário, João Cavalcanti, e a esposa dele, Renilce Cavalcanti, garantem que o serviço se normalize por completo até terça-feira (13). 

Ainda há coisas em falta, mas segundo os proprietários, a greve dos funcionários deve encerrar-se totalmente após os pagamentos de terça, que eles garantem que serão feitos. Com a garantia de pagamento, pelo menos metade do pessoal retornou ao trabalho na tarde deste sábado (10).

A polêmica envolve os dois lados da questão: dos funcionários, que dizem que não recebem pagamento há meses, e dos donos, que garantem que são poucos dias de atraso, justificados pelo feriado e pela greve dos bancos da Bahia.

A infraestrutura do hotel já está (quase) de volta: o restaurante principal já voltou a servir o café da manhã e o jantar, inclusos na diária, além do almoço, apesar do número reduzido de garçons e pessoal da cozinha – e a comida é boa! O sinal da TV ainda está de pé e o wi-fi também.

Além disso, a recepção, a segurança, o serviço de limpeza dos quartos (eba, tem aqueles creminhos que a gente ama pegar de hotel de volta) e a van de transporte que leva ao centrinho de Itacaré já estão regularizados.

Os donos, que estão aqui tentando conter a situação, estão fazendo acordos com os hóspedes pra descontar o prejuízo da conta, e, no caso de uma família que fez o check-out ontem, por exemplo, foram R$ 3 mil abonados do total. Quem preferiu não dar entrada no resort foi realocado para outros da região.

No restaurante da linda praia privativa do resort ainda não há energia elétrica, mas a piscina está limpa. Agora é esperar e ver se o fim do feriado no paraíso será melhor que o começo, mas ao menos não estamos mais em um hotel fantasma!

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.