Infraero usa cães border collie para espantar aves na pista do Aeroporto de Joinville

As cadelas Julie e Cacau farão uma patrulha por duas horas diárias para procurar quero-queros e identificar ninhos dos pássaros para recolhimento

Por Anderson Estevan Atualizado em 16 dez 2016, 00h38 - Publicado em 7 Maio 2012, 19h39

Para conter a incidência de aves nas áreas de pouso e decolagem, o Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville, Santa Catarina, passará a contar com o patrulhamento de duas cadelas da raça border collie ao redor da pista.

Treinadas para espantar aves quero-quero nos gramados das laterais da pista do aeroporto, as cadelas Jullie e Cacau andarão por duas horas diárias à procura dos animais. Além de espantar os pássaros, elas também farejam e identificam ninhos de pássaros para recolhimento.

O Aeroporto de Joinville é o primeiro na Rede Infraero a utilizar a técnica, já aplicada regularmente na Base Aérea de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Uma solução semelhante é usada no Aeroporto Internacional de Durban, na África do Sul.

Ainda em fase de testes, o novo sistema deverá passar por uma avaliação no final do período, programado para o fim de maio.

LEIA MAIS:

Falcões são usados pela Infraero para evitar choque de aves com aviões

5 lições de casa que os aeroportos brasileiros precisam fazer

Aeroportos no Brasil – Serviços – Manual do Viajante

Continua após a publicidade

Companhias Aéreas – Serviços – Manual do Viajante

GOL faz promoção de passagens aéreas a partir de R$ 73,90 – Até o dia 11 de maio

Promoção da Azul para o Dia das Mães tem passagens aéreas a partir de R$ 59,90 – Dia das Mães em 13 de maio

Continua após a publicidade

Publicidade