Fotos: as paisagens naturais e os contrastes do Alasca

Considerado o maior estado dos Estados Unidos em extensão territorial, o destino reserva cenários perfeitos para os amantes da natureza

Por Camila Honorato Atualizado em 28 ago 2019, 15h44 - Publicado em 18 jun 2015, 17h38

Parques nacionais cercados por belas árvores, lagos e muitas trilhas. Paisagens que convidam à prática de esportes radicais. Lugares onde até a presença de ursos, velhos conhecidos dos moradores, pode ser sentida. Quando o recém-formado Chris McCandles resolveu que desbravaria os cenários dos Estados Unidos rumo ao Alasca, que detém a impressionante marca de 1,7 milhão de quilômetros quadrados em território, ele tinha em mente exatamente o que queria encontrar. Em Na Natureza Selvagem, obra publicada por Jon Krakauer, as aventuras daquele que se autonomeava Alexander Supertramp resultaram em um final surpreendente e impactante.

SPOILER: Nem mesmo Leon Tolstói, autor que inspirou as aventuras do norte-americano, poderia prever que a solidão do homem na natureza contrasta com os dizeres de que “a felicidade só é real quando compartilhada”.

A adaptação cinematográfica, protagonizada por Emile Hirsch e dirigida por Sean Penn, sob a trilha sonora memorável de Eddie Vedder, até hoje inspira muitos viajantes que passam por aquele sentimento de “largar tudo em busca da felicidade”. Reese Whiterspoon estrelou outra história verídica sobre esse tipo de aventura: Livre, romance homônimo e autobiográfico de Cheryl Strayed, relata a aventura de uma mulher em busca de um recomeço, em meio aos cenários da Costa do Pacífico.

Seja por qualquer uma dessas histórias, encarar o lado wild da vida requer atenção. Mesmo dispensando o luxo oferecido por muitos pacotes de viagens, a preocupação em relação à viagem deve ser igual – pra não dizer mais intensificada, visto que alguns sustos podem acontecer (nada que corrompa sua aventura, mas esteja pronto pra lidar com os contratempos oferecidos pela natureza). Ainda assim, em tempos repletos de ansiedade, as árvores de belas florestas, o camping em meio a lugares arejados e cheios de tranquilidade, longe dos barulhos das grandes cidades, trazem uma sensação de paz interior que se sobressai a qualquer problema.

Se este é o teu caso, então aproveite que é verão no Hemisfério Norte (e as temperaturas não estão tão baixas para os padrões locais) e permita-se conhecer os cenários do Alasca, marcados por um ecossistema diversificado e com pouca interferência humana. Aqui, montanhas conversam com florestas úmidas e secas, geleiras dialogam com desertos, e vulcões fazem um aceno distante e respeitoso às geleiras. Ou seja: prepare-se para uma terra de muitos contrastes, mas com paisagens para todos os gostos e objetivos. E não se esqueça de provar das famosas receitas de salmão!

Continua após a publicidade
Publicidade