Febre amarela: certificado de vacinação agora é pela internet

Viajante deve preencher seus dados em um portal e enviar digitalizado o comprovante de vacinação emitido pela clínica ou posto de saúde

Por Giovana Christ Atualizado em 22 abr 2019, 23h40 - Publicado em 22 abr 2019, 23h25

O Governo Federal anunciou em fevereiro que o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) agora pode ser emitido em até cinco dias úteis pela internet.

Resultado de uma parceria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) com a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, a desburocratização do processo deve facilitar a vida de viajantes.

O Certificado é necessário para quem vai a países que requerem a vacinação na entrada, como Austrália, Bahamas, Tailândia, África do Sul e Colômbia. Em alguns deles não é possível nem fazer conexões aéreas sem a certificação.

  • Para emitir o documento, basta fazer cadastro no Portal de Serviços. Depois, deve-se preencher o formulário, enviar uma foto ou RG digitalizados e também o comprovante de vacinação, entregue pelo posto de saúde na ocasião do procedimento.

    Com os documentos enviados, é preciso esperar até cinco dias úteis para receber o e-mail da Anvisa com o CIVP. Imprima e assine para ter sua viagem garantida (menores de idade devem ter o documento assinado pelo responsável legal). A segunda via pode ser impressa a qualquer momento no site do Portal de Serviços. 

    No caso de analfabetos, estrangeiros sem CPF e indígenas, o processo de certificação continua sendo presencial e agendado. Quem já possui o CIVP não precisa refazer, já que é vitalício.

    Continua após a publicidade
    Publicidade