É tempo do Hannukah, a festa das luzes

O feriado relembra a reconsagração do Templo de Jerusalém

Enquanto boa parte das crianças de todo o mundo esperam ansiosas por Papai Noel e os presentes de Natal, os pequenos de origem judaica já estão comemorando o Hannukah (ou Chanucá), o Festival das Luzes. No entanto, não pense que esse é o ‘Natal judaico’, apesar da troca de regalos e o fato da data cair quase sempre em dezembro (a data é móvel em nosso calendário gregoriano). O feriado de oito dias e noites comemora a reconquista de Jerusalém reconsagração do Segundo Templo em 164 a.C. e somente nos últimos anos começou a ganhar mais exposição, tanto da mídia como da sociedade em geral.

Dentre os símbolos mais fortemente ligados à data o mais significativo é o chanuquiá – um menorá (candelabro) de nove velas, cujas luzes vão sendo acesas uma a uma, a cada noite do feriado. A vela central, a shamash, normalmente em destaque, serve para acender as demais. Este costume traz reminiscências ao óleo que alimentou o menorá do Templo após sua purificação. Apesar da pouca quantidade de azeite e a falta de estoques para renová-lo, ele milagrosamente manteve-se aceso por oito noites. Para relembrar esse óleo, tradicionalmente alguns dos pratos do feriado são fritos, como o latke (panquecas de batata) e o sufganiya (uma massa frita e recheada, similar ao sonho).

Outra tradição ligada ao Hannukah é o dreidel, um pequeno pião que é jogado neste período. Suas quatro faces formam um acrônimo para ‘lá aconteceu um grande milagre’, outra referência à luz do candelabro.

Todas essas tradições foram sendo desenvolvidas na Europa Central e Oriental ao longo dos anos (por exemplo, o latke de batata não existia antes da descoberta da América, de onde o tubérculo é nativo). Da Europa o costume migrou para regiões de forte presença judaica, como Philadelphia, Toronto e Nova York, onde hoje muitos comércios recebem decorações dedicadas à data. Um menorá do Museu Judaico de Praga foi emprestado à Casa Branca, em Washington, para o Hannukah de 2009, após solicitação da primeira-dama Michelle Obama durante visita à República Tcheca. Hoje ele encontra-se na bela Sinagoga Espanhola da capital tcheca.

O Hannukah deste ano vai de 20 a 28 de dezembro e o de 2012 de 8 a 16 de dezembro.

 

SAIBA MAIS:

Destino: Israel

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s