CouchSurfing

Por Da Redação Atualizado em 16 dez 2016, 08h58 - Publicado em 17 nov 2011, 11h45

Hospedar-se gratuitamente nas casas de moradores locais. A prática de “surfar em sofás”, em tradução literal, é famosa entre os mochileiros que desejam economizar com hospedagem.

De quebra, é possível conhecer como vivem as pessoas de determinado lugar e ter dicas de passeios que não constam em guias turísticos.

O “sofá” é só uma figura de linguagem: muitas casas cadastradas na comunidade de couchsurfers, como são chamados os membros, oferecem colchões, camas confortáveis e até quartos privativos aos hóspedes, que podem negociar o tempo da estadia (o mais comum é ficarem de um dia a uma semana). 

Como funciona

O CouchSurfing.org é o site mais conhecido nesta forma de hospedagem, que reúne casas em mais de 240 países.

É necessário fazer um cadastro no site, com fotos e referências. Quanto mais detalhes, maiores são as chances de você encontrar anfitriões com gostos similares.

Continua após a publicidade

Após o cadastro, o viajante pode ver os perfis das casas e ler os depoimentos de outros membros, além de entrar em contato com outros hosts, como são chamados os hóspedes.

As casas cadastradas possuem classificação e recomendações feitas por quem já passou por lá, o que ajuda a escolher a melhor opção. O anfitrião pode ou não aceitar o seu pedido, então é bom pesquisar e ter na manga mais de uma opção.

Quem fica hospedado pelo sistema do CouchSurfing não é obrigado a também disponibilizar sua casa. No perfil, há opções como levar os viajantes para passeios em sua cidade.

Site

CouchSurfing.org

Leia mais:

Hospedagens baratas

Continua após a publicidade
Publicidade