Confira as novidades de Paris

Seja sua primeira ou enésima visita a Paris, veja aqui o que abriu de mais bacana no último ano pra não comer bola.

Aliás, dica amiga: baixe agora o app Gogo Paris. É um guia de Paris FANTÁSTICO, que divide a cidade em bairros e em cada um seleciona o que é “novo” e o que é “imperdível”.

 

CHÃO DE VIDRO DA TORRE

Crédito: LIONEL BONAVENTURE / AFP

Crédito: LIONEL BONAVENTURE / AFP

Parte do primeiro piso e das paredes da Torre Eiffel foi substituído por vidro – o que faz parecer que você está “flutuando” sobres Paris a 57 metros de altura. Inaugurado dia 6 de outubro, é na verdade uma tentativa de deixar mais pop o primeiro andar, já que todo mundo costuma ir direto para o segundo e o terceiro, mais altos. Mas acho que vale checar, porque com essas paredes envidraçadas dá pra ver partes da estrutura da torre antes ocultas.

 

REABERTURA DO MUSEÉ PICASSO

La suppliante, uma das obras do museu

La suppliante, uma das obras do museu

Depois de cinco anos fechado, finalmente VAI REABRIR em 25 de outubro o museu mais f** do Picasso do mundo todo, com mais de 5000 mil obras que remontam a vida e processo criativo do artista. Nesse primeiro momento é melhor reservar seu ingresso pelo site. O museu fica no Marais.

 

CARREAU DU TEMPLE + HAUT MARAIS

Crédito: Fernando-Javier

Crédito: Fernando Javier

Antigo mercado do século 19, abriu em março depois de um make over total. Lá dentro agora tem um café/restaurante, Les Jules, uma exposição do Young Internacional Artists até 26 de outubro, o concerto teatral Mécanique de la Générale (dia 21)… Enfim, vale ficar de olho na programação.

Aproveitando a deixa, circule pela região do Haut Marais (o norte do Marais), ao redor da pracinha Square du Temple, a Rue du Temple e as paralelas em direção ao Boulevard Beaumarchais. Cada dia que passa brotam ali novas butiques e “concept stores” como a Merci, que vende roupas, perfumes, objetos de decoração, livros e tem cara de galeria de arte.

 

FONDATION LOUIS VUITTON

fondation louis vuitton

Fica no Bois de Boulogne, que se você não conhece é um parcão bem bacana, especialmente para crianças. A construção, como todas do arquiteto canadense Frank Gehry, é mega ousada, com estruturas de vidro disformes, que lembram “velas de um veleiro”, segundo o próprio Gehry. Dentro, há onze espaços de galeria de diferentes tamanhos para acolher exposições temporárias e a coleção da a LVMH, de arte moderna e contemporânea. Cheque a programação (o “museu” abre dia 27 de outubro), já que é uma boa pedida pra conhecer esse outro canto de Paris.

Ah, e pra conhecer mais sobre o trabalho do Frank Gehry, que está bombando no mundo todo já há alguns anos, veja a exposição atualmente rolando no Centre Pompidou.

 

PALAIS GALLIERA

palais

Reabriu no fim de setembro o museu de moda de Paris, uma bonita construção renascentista. A exposição em curso chama-se Alaïa, com uma retrospectiva de fotografias de moda da editora Condé Nast (de revistas tipo Vogue, Glamour e Vanity Fair) abrangendo um período de mais de cem anos.

 

ROSA BONHEUR SUR SEINE

rosa

O Rosa Bonheur é um bar hipster sempre lotado no parque Buttes Chaumont, em Belleville. E aí eis que resolveram abrir um bar flutuante, pertinho do metrô Invalides, com vista para a bela Ponte Alexandre III. Com drinques e sanduíches, é um bom point pra curtir um pôr do sol no Sena.

 

RESTAURANT DAVID TOUTAIN

davidEm Saint-Germain-des-Prés, é o restaurante de um dos chefs parisienses mais criativos do momento. Pratos inventivos, ingredientes sazonais,  uma enorme variedade de vegetais (mas não é vegetariano, hein), só menu-degustação. Vá no almoço, quando o preço fixo é € 42.

 

FRANCHIE (BAR À VIN E TO GO)

franchie

Esse restaurante é um dos expoentes da bistronomie, uns bistrôs com chefs jovens e criativos, ambiente informal, preço acessível. Os proprietários aproveitaram o sucesso da primeira casa e abriram um bar de vinhos com pestiscos e uma nova versão TO GO, que serve desde café até jantar. São refeições rápidas servidas em balcões e coisinhas pra você levar e comer no parque, no quarto do hotel… Fica a 800 metros do Palais Royal e 1,7 km do Jardim das Tulherias.

 

LA POINTE DU GROIN

pointe

Pertinho de Montmartre, é o terceiro endereço do chef Thierry Breton, com menus sazonais, mesas coletivas e PREÇOS INCRÍVEIS (porções entre € 2 e € 12!!!!). O pãozinho feito na casa é um arraso.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s