Como foi trabalhar na maior loja dos parques da Disney

Por Natália Grandi 9 jul 2015, 20h56

Atenção: o post de hoje é uma sessão de nostalgia de uma ex-Cast Member emocionada. Vou contar um pouco como foi trabalhar na Mouse Gear, a 2ª maior loja de todo o Walt Disney World e a maior loja dentro dos 4 parques temáticos. Um pequeno spoiler: foi a melhor coisa que me aconteceu!

Se você conversar com pessoas que conhecem a Disney, muitas delas vão falar que o Epcot não é o parque preferido delas – mas sempre foi o meu. Rodar o mundo sem sair do parque, conhecer pessoas de várias nacionalidades… É um sonho pra quem tem sede de viajar! Mas também pra quem gosta de aventura e tecnologia, lá tem algumas das atrações mais incríveis. Então, quando eu soube que ia trabalhar no parque, foi meu segundo sonho realizado (o primeiro foi saber que eu ia trabalhar na Disney).

Ao descobrir que trabalharia no Epcot, soube da loja na qual ficaria – a Mouse Gear. Esse nome… lembrava dessa loja da minha última visita à Disney, porque foi lá que eu passei horas e horas com a minha irmã, me encantando com tudo e escolhendo quais seriam os presentes que eu ia levar. E foi aí que descobri que o Epcot é um parque que precisa ser visto em mais de um dia. Gastamos tanto tempo na loja que pouco vimos do World Showcase. Mas foi o suficiente pra trazer memórias incríveis desse dia.

Logo quando fiquei sabendo da minha localização de trabalho, fui procurar qual era a costume, a roupa que eu usaria para trabalhar. À primeira vista, achei engraçadas as engrenagens na camisa e a calça super larga – afinal, o objetivo era imitar a roupa de um mecânico, já que Gear significa engrenagem. Depois comecei a achar os milhares de bolsos da calça super úteis, principalmente para guardar os adesivos de Mickey que eu adorava dar às crianças.

Melhores coworkers na Mouse Gear!

Melhores coworkers na Mouse Gear!

Continua após a publicidade

Foram muitos dias de treinamento e algumas semanas com o adesivo “earning my ears” (ganhando minhas orelhas) colado na minha nametag (crachá), significando que eu estava em treinamento. Levei um bom tempo para aprender onde estava cada coisa, porque a loja é enoooorme. Trabalhei reestocando os itens da loja e também como caixa. As duas posições tinham suas vantagens, mas o que eu mais gostava das duas era o contato contínuo com os guests.

Quando eu estava estocando, sempre alguém me pedia um tamanho diferente de roupa (e eu me sentia poderosíssima quando estava com um rádio à mão para falar com o pessoal do estoque), ajuda para encontrar itens de um filme antigo da Disney e também pediam para ver meus pins, os broches que todos os Cast Members da parte de venda usam para trocar com os visitantes – essa é uma prática muito comum nos parques. Outra coisa que eu adorava era usar uma mão de Mickey e pedir um “Hi 4” para as crianças (não era Hi 5 porque o Mickey tem 4 dedos); ou quando uma menina estava vestida de princesa, e eu me dirigia a ela com o nome de princesa dela, citando alguma música do filme. Ou ainda quando nós fazíamos “magical moments” com um jogo de memória, ou um jogo para que as crianças nomeassem todos os filmes de acordo com o desenho.

As filas eram geralmente grandes na Mouse Gear, porque era nessa loja que boa parte dos visitantes fazia suas compras da viagem. Por ser uma loja tão grande, recebi perguntas sobre os mais variados itens e também sobre como chegar em tal parte do parque, que eu sempre respondia apontando na direção com dois dedos, como somos ensinados a fazer.

Principalmente entre o natal e o ano novo, foram muitas horas de trabalho. Eu passei o ano novo trabalhando, vi os fogos do lado de fora da loja. Quando falo isso, todo mundo diz: “puts, no ano novo?” Mas a única coisa que eu consigo pensar é que foi uma das melhores viradas de ano que eu já passei, porque foi no lugar mais mágico da terra, com pessoas incríveis, e podendo proporcionar um pouco de magia pra todos que estavam no parque com as suas famílias e amigos. A loja estava tão cheia que eu nem vi o tempo passar, todos estavam tão alegres, e eu estava caracterizada com tudo que mais brilhava da loja. Tive a oportunidade de trabalhar com pessoas de várias partes do mundo, além de fazer vários amigos brasileiros. Trabalhe com o que você ama, é o que eles dizem. Para uma Disney Lover, como eu, não podia existir oportunidade melhor do que essa!

No ano novo, toda caracterizada!

No ano novo, toda caracterizada!

Continua após a publicidade

Publicidade