Cobra é encontrada viva durante voo no México; assista

Por Ludmilla Balduino 8 nov 2016, 15h26

Deus não dá asa pra cobra, mas que elas voam, voam. Quer dizer, pelo menos uma serpente, que foi encontrada vivinha da silva na cabine de um voo comercial da companhia Aeroméxico. A cobra escapuliu do compartimento de bagagem de mão do voo 231, que fazia o trajeto Torreón – Cidade do México, no último domingo (6).

Um dos passageiros a bordo, Indalecio Medina, tuitou um vídeo da cobra penetra. Ela surge no vão entre o compartimento de bagagem e a parede da aeronave, e cai no chão em determinado momento do vídeo. Até a tarde desta terça (8), o tweet já havia recebido 5 600 compartilhamentos:

Em comunicado, a companhia aérea diz que desconhece o motivo pelo qual a cobra foi parar dentro da aeronave. De acordo com Medina, em entrevista ao Verne, logo que a tripulação soube da invasão reptiliana, o piloto anunciou aos passageiros que o avião teria prioridade de aterrissagem.

+ Homem bêbado provoca tumulto em avião e é amarrado por passageiros
+ Pequeno manual contra medo de avião

Com a aeronave em solo, uma equipe responsável pelo controle de animais no aeroporto da capital mexicana capturou a cobra, que não sofreu ferimentos. Ainda não foi divulgada a espécie da serpente, e nenhum passageiro ficou ferido com o incidente.

A história lembra o filme de ação B estrelado por Samuel L. Jackson, “Serpentes a Bordo”. Nele, o ator interpreta um agente do FBI que escolta uma testemunha a caminho do depoimento. Durante o voo entre Havaí e Los Angeles, um criminoso solta cobras venenosas no avião, com o objetivo de matar a testemunha. O policial (e os pobres coitados dos outros passageiros) precisam lidar com o perigo de levar uma mordida fatal.

Continua após a publicidade

Publicidade