Cinque Terre vai multar quem fizer trilhas de chinelo

E o valor poderá chegar a € 2500. O resgate de turistas despreparados tem custado caro aos cofres do famoso destino turístico

O turista que encarar as trilhas do Parque Nacional de Cinque Terre de chinelos, sandálias ou com carrinhos de bebê poderão receber multa de até € 2500. A razão da penalidade é o alto número de acidentes registrados por conta do uso de sapatos inadequados e por comportamento considerado de risco nas trilhas montanhosas da região italiana.

Famosa por suas casas coloridas debruçadas nas encostas, Cinque Terre atrai muitos turistas nos meses mais quentes, principalmente passageiros de cruzeiros, que fazem paradas nas cidades que compõe os cinco vilarejos. Por estar à beira-mar, os visitantes acham por bem passear pelo lugar de chinelos. Ledo engano.

Placas na trilha do Parque Nacional de Cinque Terre, Itália O parque engloba cinco vilarejos que beiram o Mediterrâneo

O parque engloba cinco vilarejos que beiram o Mediterrâneo (Parco Nazionale delle Cinque Terre/Divulgação)

Cinque Terre é sobretudo uma região montanhosa e as equipes de resgate de Gênova (cidade italiana a 80 km da região) alegam receber cada vez mais chamados por conta de acidentes envolvendo pessoas que fazem trilhas sem o equipamento adequado. Os resgates, além de ocuparem os grupos de socorristas, já precisaram ser feitos de helicóptero, custando caro aos cofres públicos. Na temporada passada, uma família de alemães que fazia a trilha em uma das encostas com um carrinho de bebê precisou ser resgatada. O mesmo sucedeu com um turista italiano idoso que tentou escalar uma encosta com o pé engessado. 

Conforme informações do parque, existirá uma fase de tolerância em que os funcionários e a polícia local irão checar os sapatos dos visitantes e cartazes serão espalhados pelo local para comunicar sobre a nova política. Depois disso, as multas serão aplicadas, podendo custar de € 50 a € 2500, dependendo do risco que o visitante se submeter.

As mudanças feitas no parque visam preparação para a alta temporada de turistas. A estimativa é que Cinque Terre receba 750 mil passageiros de cruzeiros a partir de maio, 350 000 a mais do que em 2018, segundo dados divulgados pelo governo de Gênova.

O Parque Nacional de Cinque Terre está localizado na Ligúria e engloba cinco vilarejos: Manarola, Corniglia, Riomaggiore, Vernazza e Monterosso al Mare. Todos eles ficam em morros muito altos beirando o Mediterrâneo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s