Brasil é prioridade nos planos da Delta Airlines, afirma CEO da aérea

Segundo Ed Bastian, o país é a base para o plano de expansão da companhia na região

Por Anderson Estevan Atualizado em 16 dez 2016, 08h35 - Publicado em 26 jun 2012, 20h23

 

Em coletiva realizada na manhã desta terça-feira (26), em comemoração aos 15 anos de atividade ininterrupta da Delta Airlines no Brasil, o presidente da companhia americana, Ed Bastian, afirmou que investimentos em voos e parcerias no Brasil serão importantes para a estratégia da empresa nos próximos anos.

Entre as iniciativas adotadas estão o remodelamento de sua frota, a inclusão de assentos flat bed (bancos que se transformam em cama) em todos os voos do Rio de Janeiro até 2013 e o lançamento de um novo cardápio para a classe Business Elite, projetado pela chef Michele Bernstein.

“Nestes 15 anos de operações, o Brasil tem se mostrado um mercado muito promissor. Temos registrado bons resultados e a nossa parceria com a Gol reforça este interesse no país. A nossa atuação no Brasil é estratégica, visando transformar o Brasil em um polo para o nosso plano de expansão no futuro”, afirmou Bastian.

No ano passado, a Delta investiu US$ 100 milhões na Gol, conferindo à companhia americana acesso aos 40% do mercado nacional que a empresa brasileira possui. Com 35 voos semanais diretos para São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, a Delta não tem previsão de novas rotas non-sop em outras capitais brasileiras.

Continua após a publicidade

Em vez disso, a Delta pretende usar as conexões para diversas cidades brasileiras provenientes da parceria para trazer novas possibilidades aos seus clientes.

Leia mais:

GOL e American Airlines encerram parceria de seus programas de milhagem

Smiles permite compra de milhas adicionais

Gol oferece passagem de volta grátis em voos para Campinas

Gol suspenderá rota com destino a Santiago, no Chile

Continua após a publicidade
Publicidade