As atrações turísticas no Brasil fechadas pelo coronavírus

Veja os museus, parques e outros atrativos culturais que tiveram suas atividades suspensas para conter a doença - e por quanto tempo

Por Giovanna Simonetti Atualizado em 19 mar 2020, 17h05 - Publicado em 18 mar 2020, 18h27

Para combater a pandemia do coronavírus, países do mundo inteiro estão bloqueando suas fronteiras, colocando seus cidadãos em quarentena, fechando estabelecimentos e suspendendo qualquer tipo de atividade que envolva aglomerações. No Brasil, os governos e a iniciativa privada também já começaram a tomar atitudes para frear o avanço do vírus (a estratégia chamada “achatar a curva”), cuja propagação exponencial põe em risco a população e o sistema de saúde. 

Nessas circunstâncias, é claro que o turismo também seria afetado. Museus, teatros, parques, cinemas, shoppings e tantos outros espaços culturais estão de portas fechadas. O jeito é ficar em casa, com as séries e filmes nos streamings, tours virtuais de museus e livros

Confira a seguir as principais atrações turísticas brasileiras que tiveram suas atividades suspensas por conta do coronavírus, por cidade: 

  • São Paulo

    • SESC – todas as unidades fechadas do dia 17 a 31 de março
    • Theatro Municipal – atividades suspensas por tempo indeterminado
    • Sala São Paulo – atividades suspensas por tempo indeterminado
    • Aquário de São Paulo – fechado, a princípio, até 31 de março
    • Parque da Mônica – suspenso até 18 de abril
    • Wet’n Wild – opera com 30% de sua capacidade máxima
    • Kidzania – atividades suspensas por tempo indeterminado
    • Thermas dos Laranjais – fechado a partir do dia 19, por 30 dias

    → Museus públicos fechados por 30 dias (desde o dia 17 de março):

    • Pinacoteca do Estado
    • Paço das Artes
    • Museu do Futebol
    • Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC)
    • Museu da Imagem e do Som (MIS)
    • Museu da Diversidade
    • Museu da Imigração
    • Memorial da América Latina
    • Estação Pinacoteca
    • Catavento
    • Casa das Rosas

    → Centros culturais privados fechados por tempo indeterminado:

    • MASP
    • Instituto Tomie Ohtake
    • Japan House
    • Instituto Moreira Salles (IMS)
    • Farol Santander
    • Museu de Arte Moderna (MAM)

    Holambra

    • Evento “Estufas Abertas”, entre 4 e 5 de abril, cancelado. Ingressos serão reembolsados.
  • Rio de Janeiro

    • Bondinho do Pão de Açúcar – serviço suspenso por, pelo menos, 15 dias
    • Trem do Corcovado – fechado até o dia 30 de março
    • Theatro Municipal do Rio de Janeiro – atividades suspensas por, pelo menos, 15 dias
    • Academia Brasileira de Letras – visitas do público suspensas por tempo indeterminado
    • Biblioteca Nacional – fechada por, pelo menos, 15 dias
    • Museu do Amanhã – fechado até 22 de março, mas data pode ser prolongada
    • Museu de Arte Moderna (MAM Rio)- suspenso por, pelo menos, 15 dias

    → Museus fechados por tempo indeterminado:

    • Museu Nacional de Belas Artes
    • Museu da República
    • Museu de Arte do Rio (MAR)
    • IMS Rio
    • Casa Roberto Marinho
    • Museu de Astronomia (MAST)
    • Oi Futuro

    Brumadinho

    •  Instituto Inhotim e Museu – suspensão do funcionamento a partir do dia 18, por tempo indeterminado

    Belo Horizonte

    → Espaços culturais do Circuito Liberdade, na Praça da Liberdade – toda a agenda suspensa, por tempo indeterminado:

    • Memorial Minas Vale
    • Espaço do Conhecimento UFMG
    • Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais
    • Museu das Minas e do Metal
    • Centro Cultural Banco do Brasil
    • Centro de Arte Popular Cemig
    • BDMG Cultural
    • Academia Mineira de Letras
    • Museu Mineiro
    • Arquivo Público Mineiro
    • Casa do Patrimônio Histórico de Minas Gerais
    • Cefart Liberdade
    • Casa Fiat de Cultura
    • Palácio da Liberdade
    • Centro Cultural Minas Tênis Clube
  • Santuário do Caraça (região central de Minas Gerais)

    Visitas durante os finais de semana estão suspensas. Missas não vão acontecer, e o museu e a biblioteca estão fechados por tempo indeterminado. As visitas durante a semana continuam normalmente.

    Continua após a publicidade

    Foz do Iguaçu 

    • Parque Nacional do Iguaçu (lado brasileiro) – fechado a princípio por uma semana, a partir do dia 18
    • Parque Iguazu (lado argentino) – fechado por tempo indeterminado
    • Itaipu Binacional – fechada por uma semana, a partir do dia 18
    • Parque das Aves – fechado por uma semana 

    Curitiba

    • Jardim Botânico – fechado até 12 de abril
    • Torre Panorâmica – fechada até 12 de abril
    • Museu Oscar Niemeyer – fechado por tempo indeterminado
    • Fundação Cultural de Curitiba – atividades e espetáculos suspensos até 12 de abril
    • Museu de História Natural – fechado até o dia 12 de abril
    • Zoológico – não funcionará até o dia 12 de abril
    • Centro Cultural Teatro Guaíra – eventos de março foram suspensos
  • Penha

    • Beto Carrero World – o parque fechará por 14 dias, de 21 de março a 3 de abril

    Serra Gaúcha

    • Páscoa de Gramado – evento aconteceria entre 20 de março e 12 de abril, mas foi cancelado. A decoração pelas ruas da cidade vai ser mantida
    • Festa da Colônia (Gramado) – cancelada. Evento aconteceria entre os dias 21 de abril e 10 de maio
    • Snowland (Gramado) – atividades suspensas de 20 de março a 3 de abril
    • Gramadozoo – fechado entre 23 de março e 6 de abril
    • Mundo a Vapor (Canela) – funcionamento suspenso entre 18 de março e 1 de abril, podendo ser prorrogado
    • Alpen Park (Canela) – fechado por tempo indeterminado, a partir de 19 de março
    • Parques da Serra Bondinhos Aéreos (Canela) – fechado de 19 de março a 2 de abril
    • Chocofest (Nova Petrópolis) – evento entre 2 e 12 de abril foi cancelado
    • Maria Fumaça – passeio está funcionando com 50% da capacidade. A medida vai funcionar por uma semana, podendo ter seu prazo aumentado

    Fernando de Noronha

    • Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (onde atrações como a Praia do Sancho e a Baía dos Golfinhos ficam) – fechado de 17 a 23 de março. O aeroporto da ilha também está fechado e turistas têm até o dia 20 para sair do local. 

    Recife

    • Instituto Ricardo Brennand – fechado por tempo indeterminado

    → Espaços culturais com atividades suspensas pela Prefeitura por tempo indeterminado:

    • Teatro de Santa Isabel
    • Teatro Luiz Mendonça
    • Teatro Apolo
    • Teatro Barreto Júnior
    • Teatro Hermilo Borba Filho
    • Paço do Frevo
    • Museu da Cidade do Recife
    • Museu de Arte Moderna Aluísio Magalhães (MAMAM)
    • Museu Murillo La Greca
    • Galeria Janete Costa
    • Memorial Chico Science
    • Memorial Luiz Gonzaga- Escola de Frevo
  • Salvador

    • Micareta Feira de Santana – adiado por tempo indeterminado
    • Casa do Carnaval – fechada por 15 dias, desde o dia 16 de março
    • Museu Geológico da Bahia (MGB) – sem atividades por 30 dias, a partir do dia 18
    • Teatro Castro Alves – fechado por tempo indeterminado
    • Casa do Benin, Espaço Cultural da Barroquinha, Teatro Gregório de Mattos – fechados por 15 dias, desde o dia 18 de março
    • Espaço Carybé das Artes – fechado por 15 dias, desde o dia 16 de março

    Parques nacionais

    Além do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, o governo federal determinou a suspensão de visitas em todos os parques nacionais brasileiros por uma semana, a partir do dia 17, podendo haver prorrogação. São ao todo 73 parques, sendo que apenas 42 deles são abertas ao público. Entre os locais fechados, estão:

    • Parque Nacional da Chapada Diamantina, BA
    • Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, MA
    • Parque Nacional da Serra da Canastra, MG
    • Parque Nacional da Serra da Capivara, PI
    • Parque Nacional da Serra do Itajaí, SC
    • Parque Nacional de Jericoacoara, CE
    • Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, MT

    Confira a lista completa aqui

    Leia tudo sobre o coronavírus

    Continua após a publicidade
    Publicidade