As 5 melhores experiências da minha Fernando de Noronha

Jogador de futebol pernambucano Hernanes conta quais foram suas experiências inesquecíveis em Fernando de Noronha

1. Sancho

“Você sabe, não faltam praias lindas, mas esta é a mais incrível que já fui. Ela te tranquiliza, é bem isolada, com acesso por uma escadaria ou de barco. Calmas, as águas têm a temperatura ideal, a areia é branquinha. Outras das mais belas praias são a Conceição e a Cacimba do Padre, estas com ondas.”

Foto: Amcamargo/Flickr
Foto: Amcamargo/Flickr

2. Trilha para a Praia do Atalaia

“É imperdível. O acesso a ela rola somente com guia, e o ICMBio controla a quantidade de pessoas que por ali querem caminhar. Não é das trilhas mais difíceis, gasta-se meia hora. Aí a gente chega à praia, com aquela piscina natural espetacular quando a maré baixa. Só é possível mergulhar durante 30 minutos, e o protetor solar é proibido, assim o ecossistema se mantém preservado.”

+ 13 atrações imperdíveis em Fernando de Noronha

Foto: Backpacker/Flickr
Foto: Backpacker/Flickr

3. O passeio de barco clássico

“É uma atividade praticamente obrigatória para quem quer conhecer a ilha direito. Muitas vezes golfinhos e arraias acompanham a embarcação, que circula pelo mar de dentro em meio às principais praias, contornadas por fendas e falésias. Tem o Morro Dois Irmãos… Os guias vão contando lendas da ilha, como o Buraco da Raquel. O melhor é a parada para mergulho livre, com snorkel; nela, a Praia do Sancho, que é das mais bonitas do mundo.”

Foto: Roberta Viegas/Flickr
Foto: Roberta Viegas/Flickr

4. Mergulho, a lei

“Se você gosta, vá até a Praia do Porto, de onde partem os barcos que levam para os melhores pontos de visibilidade. Gosto de mergulhar de snorkel ou com a pranchinha e sou doido para fazer um de cilindro, mas ainda não me aventurei nessa.”

+ As praias mais lindas de Pernambuco

Foto: Rodrigo Valença/Flickr
Foto: Rodrigo Valença/Flickr

5. Restaurante Corveta

“Sou apaixonado por Noronha e pela gastronomia, então entrei como sócio nessa casa no Bosque Flamboyant. Não perca o bacalhau ao marinheiro e, depois, o bolinho quente ChoCorveta, feito com queijo e recheado com geleia de frutas vermelhas – ele lembra um petit gâteau. O nome Corveta, aliás, remete a um navio naufragado na ilha em 1983.”

Hernanes As indicações são de Hernanes, pernambucano, jogador da Juventus da Itália e que esteve na última copa

Texto publicado na edição 253 da revista Viagem e Turismo (novembro/2016)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s