99 razões para amar Buenos Aires – Mesas muito exquisitas

Buenos Aires: aproveite os melhores restaurantes da capital da parrillada à comida francesa

ARGENTINA

(22) Don Julio

Famoso e despojado bodegón, em que o cliente escolhe as carnes no balcão da parrilla. (Guatemala, 4691, Palermo Soho, 4832-6058; Cc: A, M, V)

(23) El Obrero

O bodegón rústico, com pôsteres de futebol nas paredes e garçons das antigas, já acolheu gente como Bono, Wim Wenders e Francis Ford Coppola. Sem gastar muito, você come carnes memoráveis. Peça rabas al limón (anéis de lula empanados) como entrada. (Agustín Caffarena, 64, La Boca, 4362-9912)

(24) La Brigada

Decorada com faixas e camisas de futebol, essa parrilla é bem domingão. Bons bife de chorizo e ojo de bife. (Estados Unidos, 465, San Telmo, 4361- 5557; Cc: A, M, V)

(25) La Cabrera

Bombado de jovens e turistas, a casa serve de cortesia espumante na calçada. As carnes das parrillas são acompanhadas por molhos e chutneys. (Cabrera, 5099, Palermo, 4831-7002; Cc: A, M, V)

CONTEMPORÂNEA

(26) Casa Cruz

Lugar discreto, sem identificação. Dentro, carpete de estampa de oncinha, paredes escuras, sofás vermelhos e garçons jovens e lindos. (Uriarte, 1658, Palermo Soho, 4833-1112; Cc: A, M, V)

(27) Aramburu

O chef Gonzalo Aramburu já trabalhou com Daniel Boulud, em Nova York. Serve menu de dez passos, com espumas, gelatinas e algodão-doce para acompanhar o Nespresso. (Salta, 1050, Montserrat, 4305-0439; Cc: A, M, V)

(28) El Baqueano

Velas vermelhas dão um toque romântico a essa casa de San Telmo. O menu de oito fases do chef Fernando Rivarola traz carnes que vão além dos clássicos. Há matambre de coelho, perdiz com lentilhas… (Chile, 495 San Telmo, 4342-0802; Cc: A, M, V)

(29) Tegui

O muro grafitado oculta um restaurante moderno, bastante na moda. No comando da casa, o badalado chef Germán Martitegui modifica o menu toda semana. (Costa Rica, 5852, Palermo Hollywood, 5291-3333; Cc: A, M, V)

ESPANHOLA

(30) Oviedo

Pratos mediterrâneos de apresentação impecável, como o lombo de merluza com nhoque de abóbora. Como sobremesa, vá de crema catalana. A adega, cheia de grands crus franceses, é superlativa. O maître é o brasileiro Antonio João da Silva, na casa há 13 anos. (Beruti, 2602, Barrio Norte, 4822-5415; Cc: A, D, M, V)

(31) Iñaki

Movimentado no almoço, tem criações bascas. O arroz especial chega à mesa cremoso, bem temperado com açafrão e repleto de cogumelos fatiados, camarões e uma saborosa centolla desfiada. Serve duas pessoas. (Moreno, 1341, Centro, 4382-8486; Cc: A, M, V)

FRANCESA

(32) La Bourgogne (Alvear Palace Hotel)

Restaurante do hotel mais chique da capital. Caro para os portenhos, tem clássicos franceses que sairiam quase o dobro do preço nos restaurantes paulistanos. (Ayacucho, 2027, Recoleta, 4805-3857; Cc: A, D, M, V)

PERUANA

(33) Francesco

Cozinha ítalo-peruana, reunião de risotos, massas, peixes e pratos andinos. Tem um dos melhores ceviches do país, acompanhado de milho crocante, batata-doce e um molho bem apimentado. (Sinclair, 3096, Palermo, 4878-4496; Cc: A, M, V)

(34) Astrid & Gastón

Integra o império do chef peruano Gastón Acurio, com mais de 40 casas em 14 países (o de Lima é o 42º melhor do mundo segundo a revista Restaurant). (Lafinur, 3222, Palermo, 4802-2991; Cc: A, M, V)

(35) Osaka

Segue o conceito da matriz, em Lima, com a culinária fusion da moda, que combina técnicas nipo-peruanas. Espere sushis, ceviches, tiraditos e lulas recheadas com camarões ao saquê e pimenta ají. (Soler, 5608, Palermo Hollywood, 4775-6964; Cc: A)

VARIADA

(36) Tomo I (Hotel Panamericano)

Clássico, tem pratos tradicionais como ravióli de champignon. Menu degustação com vinho Luigi Bosca à noite. (Carlos Pellegrini, 521, Centro, 4326-6695; Cc: A, D, M, V)

(37) Patagonia Sur

Luxuoso nos talheres Christofle, luxuriante nas reproduções de Gustav Klimt, o estreito salão tem atmosfera de sala de estar intimista. Para degustar o menu completo do inventivo Francis Mallmann, pagam-se mais de AR$ 500. (Rocha, 801, La Boca, 4303-5917; Cc: A, V)

(38) Paraje Arévalo

Bistrô lindinho que serve as receitas elaboradas do chef Matías Kyriazis. No almoço, os pratos rápidos têm execução cuidadosa e um custo/benefício de cair o queixo. À noite, há dois menus, de seis e de oito fases, com receitas autorais. Vinhos a preços camaradas. (Arévalo, 1502, Palermo Hollywood, 4775-7759; Cc: A)

(39) El Almacén de los Milagres

Bistrô clean, tem café da manhã e almoço com pratos rápidos. À noite, a vocação gourmet da casa se exibe no cardápio à base de carnes, aves e massas caseiras. (Avenida Presidente Manuel Quintana, 210, Recoleta, 4814-0533; Cc: A, M)

(40) Gioia (Hotel Palacio Duhau Park Hyatt)

As mesas do terraço ficam de frente para o Palacio Duhau, prédio neoclássico do hotel. Cozinha italiana no jantar e bufê no almoço. (Posadas, 1350, Recoleta, 5171-1330; Cc: A, D, M, V)

(41) A Nos Amours

Em uma esquina de Palermo, esse pequeno bistrô faz uma comida francesa simples, sem afetação. (Gorriti, 4488, Palermo Viejo, 4897-2072; Cc: A, V)

(42) Cucina Paradiso

Figurinha fácil da TV, o chef italiano Donato de Santis serve mais do que carisma nesse bistrô, perfeito para o almoço. Os pratos do dia servem apenas 11 mesas em um espaço apertado, mas charmoso. (Arévalo 1538, Palermo Hollywood, 4770-9406; Cc: A, M, V)

HELADO A TODA HORA

Como resistir às melhores sorveterias do continente?

(43) Chungo

Um dos sabores combina doce de leite com cookies de chocolate. (El Salvador, 4795, Palermo Soho, e mais seis lojas, 0800-8882486)

(44) Freddo

O helado de musse de maracujá surpreende, mas o mais pedido mesmo é o de doce de leite. Filiais por toda a cidade. (Arenales, 3360, Palermo, 0810-33373336)

(45) Modena

Rede com sorvetes mais baratos. Prove o bom helado de queijo mascarpone com frutas do bosque. (Pallos, 799, La Boca, 4303-1502)

(46) MunChi’s

Experimente o sabor que mistura creme, queijo mascarpone e chocolate meio amargo. (República Dominicana, 3352, Palermo, mais seis endereços, 0810-5555050)

(47) Persicco

Ótimas pedidas são os sorvetes de zabaione e o de marrom-glacê. As sete unidades da rede costumam ficar abertas até tarde da madrugada. (Reconquista com Tucumán, Centro, 0810-3337377)

(48) Saverio

A especialidade é o Crema Saverio (creme de baunilha com figo, castanhas e amêndoas). As três lojas ficam abertas até as 2 da madrugada. (Avenida San Juan, 2816, Centro, 0800-2221909)

(49) Un’altra Volta

O chocolate tentación tem brownie, nozes e doce de leite. As lojas ficam abertas até de madrugada. (Avenida Callao com Pacheco de Melo, Recoleta, mais sete lojas, 0810-8886582)

Leia mais:

99 razões para amar Buenos Aires – Banho de loja

99 razões para amar Buenos Aires – Por baixo da catraca

99 razões para amar Buenos Aires – Buenos Aires

99 razões para amar Buenos Aires – Apassionantes

99 razões para amar Buenos Aires – A cidade exibida

99 razões para amar Buenos Aires – Top dos tops

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s