3 dicas culturais para o final de semana em SP

Uma dela, os painéis Guerra e Paz, de Portinari, podem ser vistos no Memorial da América Latina, em São Paulo

Por Roberto Amado, da Alfa Atualizado em 16 dez 2016, 00h43 - Publicado em 2 mar 2012, 14h03

Exposição – Guerra e Paz, de Portinari

Uma rara exposição ocupa os espaços do Memorial da América Latina, situado no bairro da Barra Funda, em São Paulo. São os painéis que Portinari pintou, sob encomenda do governo brasileiro, para serem dados de presente à sede da ONU em Nova York. E lá estiveram por 54 anos, até que no ano passado foram trazidos de volta para serem restaurados. Assim, o público paulistano terá o privilégio de ver esse trabalho maior do pintor antes que seja reenviado ao seu local de origem. Além dos painéis, são exibidos na exposição Guerra e Paz cerca de 100 dos estudos originais e documentos que descrevem a criação das obras.

Livro I – Os Tempos de Getúlio Vargas

Getúlio Vargas já virou história e correria o risco de se tornar apenas nome de rua. Mas o livro de Jose Carlos Mello resgata o personagem dando à sua biografia uma mão de escritor. E surgem detalhes até então obscuros — as amantes, as convicções de ditador, a vaidade, o populismo. São praticamente 80 anos de história política do Brasil que não devem ser esquecidos.

Livro II – Entre a Luxúria e o Pudor

Sexo tem história também — e como. Nesse livro, o autor, Paulo Sérgio do Carmo, conta muitas delas. Você sabia que já existiu uma colônia aqui, mais precisamente no Paraná, que praticava explicitamente o amor livre? Ou que a Ilha de Fernando de Noronha era um reduto de homossexuais? “Procurei também, por exemplo, investigar a existência de orgias ocorridas de meados do século XX em diante”. Se você quiser saber o que ele encontrou, leia o livro.

Continua após a publicidade
Publicidade