24 horas de arte

Virada Cultural Paulista 2011 apresenta shows de stand-up e da nova MPB

Por Raquel Beer Atualizado em 15 dez 2016, 17h58 - Publicado em 17 set 2011, 20h00

Em Piracicaba, a atriz e humorista Nany People apresenta o seu stand-up comedy. Em outro palco, na cidade de Ribeirão Preto, a cantora francesa Agnès Joui canta Olhos nos Olhos, de Chico Buarque. As 24 horas da Virada Cultural Paulista 2011 (www.viradaculturalpaulista.sp.gov.br), que começa às 6 da tarde de 14 de maio, serão mais versáteis este ano, com música, dança, teatro e humor.

A organização, que aposta num público semelhante ao de 2010, quando 1,6 milhão de pessoas assistiram ao evento no interior paulista, baixou de 30 para 23 o número de cidades participantes, “para garantir boas atrações em todos os locais”. Em 2011, os shows ocorrem em Araçatuba, Araraquara, Assis, Botucatu, Campinas, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara d’Oeste, Santos, Santo André, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

Uma das novidades neste ano são os shows de stand-up, que acontecem em todas as cidades, às 2h30. Espetáculos de dança e de teatro também estão na programação, como as peças Confissões de Mulheres de 30 e Análise Comportamental e Crítica da Música Eduardo e Mônica.

A quinta edição do evento traz muitos nomes da “nova guarda” da MPB, como Maria Gadú e Thiago Petit. “A Virada é um evento popular que tem evoluído ao longo dos anos. Boa oportunidade para quem está começando”, comenta Lobão, um dos veteranos que volta aos palcos do interior ao lado de Zeca Baleiro, Fafá de Belém e outros.

Como nas edições anteriores, também há atrações internacionais, como a banda americana Pink Martini. A programação completa está no site do evento.

 

Continua após a publicidade

Publicidade