Pele ressecada e sensível no avião? Veja como se proteger

Acredite, com alguns cuidados simples você pode manter a saúde e a hidratação cutânea do começo ao fim da viagem

Por Abril Branded Content Atualizado em 22 jul 2022, 14h49 - Publicado em 22 jul 2022, 12h07

Passagens compradas, hotel reservado, malas organizadas! Finalmente começou a contagem regressiva para a sua tão sonhada viagem de férias. Mas, você se lembrou de incluir entre os preparativos algumas medidas que reduzem os desconfortos comuns durante a permanência dentro do avião?

Sim, porque viajar é uma delícia, mas tem lá seus desconfortos. Entre as queixas mais comuns, além do inchaço e distensão abdominal, está o ressecamento da pele. E aí, surgem incômodos como coceira, descamação, irritação, vermelhidão e sensibilidade. “Durante longas viagens e em altas altitudes ficamos continuamente expostos à pressurização e ao ar-condicionado. Diante disso, o organismo tende a desidratar mais rapidamente, com reflexos diretos na pele e nas mucosas, como nos lábios, olhos e nariz”, explica a dermatologista Geisa Costa (CRM-SP 120.670).

A dermatologista Geisa Costa -
A dermatologista Geisa Costa – Galderma/Divulgação

 

A boa notícia, no entanto, é que há maneiras de prevenir esses problemas!

Entre os cuidados, a médica aconselha a ingestão de bastante líquido, tanto antes como durante a viagem. “Beba muita água e não exagere nas bebidas alcoólicas, já que elas colaboram para a desidratação. Procure tomar dois copos de água para cada drink”, ela sugere.

Outra dica importante é levar seu hidratante poderoso, como os da marca Cetaphil – tanto facial como corporal – na bagagem de mão e aplicá-los na pele, sempre que necessário. “Inclua, ainda, um soro para hidratar o nariz e colírio para os olhos”, aconselha a médica. Lembre-se, no entanto, que para os voos internacionais, todos os líquidos, géis, cremes, pastas e aerossóis devem ser transportados em um frasco com capacidade de até 100mL cada. Já para os voos domésticos não há restrições em relação à nécessaire.

“Vale, também, evitar banhos longos e muito quentes tanto antes como depois da viagem”, ressalta a dermatologista. Isso porque a alta temperatura remove parte da barreira protetora da pele e promove o ressecamento. Ela aconselha, ainda, o uso de sabonetes que não prejudicam a barreira cutânea, e o capricho redobrado com a hidratação da pele, logo depois que sair do chuveiro, para potencializar a absorção dos componentes hidratantes.

 

Cuidado com peles sensíveis

Para aqueles que já lidam com a pele sensível, que pode ser identificada por um dos cinco sinais: ressecamento, desconforto, aspereza, repuxamento ou barreira cutânea enfraquecida, a dica é o Cetaphil Loção de Limpeza. Sua fórmula é adequada para peles normais a secas e sensíveis, preserva a barreira protetora da pele¹, remove impurezas sem comprometer a hidratação e reduz o ressecamento e a aspereza.

 

Atenção à textura

Outro ponto importante para quem já tem pele sensível é o cuidado com a textura dos produtos. O Sérum Facial Cetaphil Optimal Hydration tem componentes que ajudam a melhorar a luminosidade, acalmar a pele sensível, revitalizando² e aumentando em 50% a hidratação³. Além disso, o produto tem textura leve e rápida absorção.

Continua após a publicidade

Prevenção a longo prazo

Para evitar o ressecamento por mais tempo, no entanto, a dica é apostar em uma reserva hídrica. E acredite, isso é possível. Como? Por meio de procedimentos estéticos pouco invasivos como a aplicação do Ácido Hialurônico injetável Restylane® SkinboostersTM.

“O skinbooster melhora a retenção da água tanto na derme como na epiderme, formando reservatórios hídricos que ajudam a manter sua hidratação”, responde Geisa.

 

Hidratação de dentro para fora

A médica conta que os skinboosters contêm moléculas de ácido hialurônico não densas que têm a função justamente de reter e absorver a água e, portanto, hidratar a pele da região tratada. Restylane® SkinboostersTM forma uma espécie de reservatório hídrico e, dessa forma, restaura a hidratação das camadas mais profundas da pele, aumentando o viço, a luminosidade, elasticidade, sustentação e maciez, ao mesmo tempo em que diminui a aspereza e a rugosidade4.

A substância pode ser aplicada no rosto, no colo, pescoço e mãos e, por promover uma hidratação de dentro para fora, é capaz de potencializar os efeitos do skincare realizado em casa, como o uso diário de creme hidratante. Os resultados já começam a ser vistos após a primeira aplicação e duram aproximadamente 12 meses.

Viu como é possível manter a pele hidratada e firme mesmo depois de muitas horas no avião? Mas vale lembrar que os tratamentos com Restylane® SkinboostersTM  só podem ser realizados em consultório de profissionais da saúde habilitados à prática de procedimentos estéticos injetáveis. Apenas estes profissionais são capazes de fazer uma avaliação individual do paciente e indicar o melhor protocolo de tratamento.

Referências: 

¹TEWL (Skin barrier recovery), Hydration: RD.27.SPR.203918 – P2299

²Data on file. Estudo de percepção realizado com 41 participantes

³Data on file. Estudo in vitro

4Gubanova et. al. Injections of stabilized hyaluronic acid with a sharp needle compared with a blunt micro cannula for facial skin rejuvenation: 12 months results. Poster presented at International Master Course on Aging Skin (IMCAS). 2015. Paris, France.

 

Continua após a publicidade

Publicidade