Viracopos terá novo terminal até 2014

Projeto de expansão vai receber investimentos de R$ 8,4 bilhões em 30 anos

Depois de iniciar as obras de expansão do Aeroporto Internacional de Viracopos em agosto, o consórcio vencedor do leilão de concessão da Infraero anunciou na manhã desta segunda (17) o plano para a execução do projeto. A principal novidade é a criação de um novo terminal, que aumentará sua capacidade em 14 milhões de passageiros/ano.

A nova construção será dividida em três concourse (, sendo um para voos internacionais, outro para domésticos e um terceiros para decolagens mistas. “O novo terminal aumentará ainda mais a capacidade e a prospecção de novos voos para Viracopos nos próximos anos. Esperamos crescer de 10% a 15% anualmente no número de passageiros ao longo da concessão”, afirmou o diretor presidente do consórcio, João Santana.

Feita em aço e vidro, a estrutura terá ao todo 28 pontes de embarque e será conectada a um novo edifício-garagem com 4 mil novas vagas, além de restaurantes, lojas de aluguel de carros e escritórios administrativos do aeroporto.

Utilizando aberturas laterais para fornecer iluminação natural, painéis fotovoltaicos para fornecer energia solar e um sistema de reutilização de água, o projeto pretende adotar iniciativas sustentáveis para diminuir o impacto que a nova estrutura causará no ambiente.

Dos R$ 8,4 bilhões anunciados para os 30 anos de concessão, a Aeroportos Brasil Viracopos destinou R$ 1,4 bilhão para a construção deste terminal.

Novas Pistas e voos internacionais

Outro ponto chave deste projeto é a ampliação da pista atual, prevista para 2014, e a criação da segunda, em 2017, permitindo não só aumentar a capacidade de voos do aeroporto, mas também abrindo a possibilidade de que o lugar receba aviões de grande porte.

De acordo com Santana, até maio de 2014, data da entrega da primeira de cinco fases do plano de melhorias de Viracopos, o aeroporto poderá receber os aviões de categoria F, que até então não operam em nenhum aeroporto no país.

Hotel, shopping e lojas

Na parte interna do novo terminal serão construídas diversas lojas (incluindo um free shop na área internacional), restaurantes e até um shopping center próximo ao local. A possibilidade de um hotel ser erguido dentro do complexo aeroportuário também é viável – já há conversas para que isso aconteça em breve.

“A construção de um hotel no complexo do novo terminal de Viracopos não é um item obrigatório e da responsabilidade do consórcio. Pode acontecer em breve, mas seria com a construção feita por um dos sócios do projeto. Temos que conversar e analisar propostas de redes hoteleiras para poder conceber isso, mas pode acontecer em breve”, informou Santana.

Integração férrea e Trem de Alta Velocidade

Outros projetos, de ordem governamental, devem facilitar o transporte até Viracopos, um dos gargalos do aeroporto. O primeiro deles é utilizar a linha férrea que passa nos limites do aeroporto para unir as suas operações e transportar cargas com mais rapidez e eficiência. Já o Trem de Alta Velocidade (TAV), que ligará Campinas a São Paulo e também ao Rio de Janeiro, já passou pela audiência pública, em São José dos Campos, e deve começar a ser construído em 2014. O novo meio de transporte está previsto para começar a funcionar em 2020 e, segundo Santana, deverá haver uma estação próxima ao complexo aeroportuário.

Revitalização do terminal antigo

O atual terminal deixará de ser operado aos poucos até ser completamente desativado, de acordo com o presidente do consórcio, mas passará por uma revitalização nos próximos meses. Entre as obras anunciadas estão a criação de mais sanitários e a reforma dos já existentes, além do aumento das áreas de embarque e a instalação de novas esteiras de bagagem, ampliando a capacidade de check-in.

Na área externa, uma nova passarela com 600 metros de extensão será construída entre os bolsões de estacionamento e o terminal de passageiros. Além disso, guaritas de vigilância serão instaladas em áreas próximas.

Pós-Copa

Nas outras quatro fases do plano da concessionária, a perspectiva de crescimento é de que o aeroporto receba 80 milhões de passageiros anuais em 2038, tornando-se assim o maior do país. Além disso, são previstas ainda a criação de outras duas novas pistas, a expansão do novo terminal e mais um hotel. 

Construído nos anos 1960, Viracopos foi concebido como alternativa para o Galeão (RJ), o único com pistas longas na época e com capacidade para receber as aeronaves da primeira geração dos jatos. Caiu em desuso nos anos 80, depois da construção do Aeroporto de Guarulhos, em 1985, perdendo gradativamente volume em seus voos. Nos últimos cinco anos têm se recuperado, apostando em companhias regionais e da América do Sul.

Leia mais:

Trip e Azul têm promoção com passagens a R$ 59,90 neste fim de semana

Etihad Airways começa a voar no Brasil em junho de 2013

Viação Cometa inicia rota entre Jundiaí e o Aeroporto de Congonhas

Voos da Singapore Airlines terão acesso à internet

Gol retoma voos exclusivos para clientes Smiles

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s