Cidades turísticas de Minas Gerais se recuperam das chuvas

Secretaria de Turismo manterá um balanço do estado das estradas e pontos turísticos para informar viajantes

Os acessos pelas estradas estão liberados e atrações já funcionam normalmente nas principais cidades turísticas atingidas pelas chuvas em Minas Gerais. “O turista pode vir com tranquilidade”, afirma o Secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho.

Nas últimas três semanas, o governo de Minas vem monitorando a situação das cidades mais prejudicadas pelo mau tempo e divulga uma tabela atualizada diariamente com o balanço das estradas e pontos turísticos. Todas as informações podem ser consultadas no www.minasgerais.com.br.

Segundo o secretário, Ouro Preto, Congonhas, Tiradentes, Diamantina, Belo Horizonte e arredores estão restabelecidas. “Há três semanas a situação era uma, hoje ela é muito melhor. Todos os atrativos estão em pleno funcionando e prontos para receber os turistas”, afirma.

Em Ouro Preto, para retomar o fluxo da rodoviária, que foi atingida por um deslizamento de terra no início de janeiro, um novo ponto para embarque e desembarque foi providenciado. “As imagens do que aconteceu assustam, mas estamos trabalhando justamente para mostrar para todo o Brasil que a situação ja está normalizada”, diz Filho.

O Instituto Inhotim, importante ponto turístico mineiro que teve acesso impedido no início do ano, ficou fechado durante três dias, mas, desde 6 de janeiro, funciona normalmente. “Não houve nenhuma ocorrência dentro do Instituto. O acesso está normalizado e mantemos toda a programação de férias”, afirma Renata Amorim, da assessoria de comunicação de Inhotim.

No local

Há uma semana, o repórter do GUIA QUATRO RODAS Luiz Giannoni está em Minas Gerais fazendo apurações para o GUIA BRASIL 2013. As cidades de Mariana e Ouro Preto, por onde passou até o momento, estão, segundo ele, completamente normalizadas para o turismo. “Não vi nada que atrapalhe o turista nas cidades por onde eu passei”. “No caminho, no aspecto visual, é possível notar alguns resquícios dos deslizamentos que ocorreram, mas nada que cause perigo ou que prejudique a viagem”, completa Giannoni.

 

LEIA MAIS:

Instituto Inhotim

Roteiro Cidades históricas de Minas Gerais

9 atrações nos arredores de Belo Horizonte

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s