Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

Espanha no inverno? Toca pra Andaluzia!

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 15h54 - Publicado em 25 nov 2010, 18h30

Sevilha: guapísima e calientita no inverno

Viajar para o Hemisfério Norte a partir desta época do ano não é pra todo mundo. Faz (muito) frio, os dias são curtos, a vida se recolhe ao interior, a mala pesa mais e encapotar-se é fundamental. E ainda que os ares invernais tenham sei charme (con neve então…), nem todo mundo gosta de passear assim. Por outro lado, o fim do ano é a única época de férias pra muita gente. E agora?

Toca pra Andaluzia, o extremo sul espanhol.

A Espanha é um dos países europeus com temperaturas mais amenas durante o inverno e a Andaluzia é a região mais cálida da Espanha. Hoje, por exemplo: estamos na fase final do outono e os termômetros, em Berlim, na alemanha, oscilaram entre os 0 e os 3 graus. Brrrr. Em Madri, aqui na Espanha, o mercúrio foi da marca do 1 grau até a de 12 graus. Enquanto isso, em Sevilha… a temperatura foi de 12 a 17 graus. Sentiu a diferença?

Fiz minha última viagem à Andaluzia em um mês de janeiro. Durante o dia, chegou a fazer 19 graus e o sol brilhou constantemente. Voltei com as bochechas rosadas.

Não se convenceu? Tem mais: ao contrário do que acontece na grande maioria do território europeu, visitar a Andaluzia no verão, principalmente em julho e agosto, é uma tortura: chega a fazer 50 graus em Sevilha, e isso não é maneira de dizer.

Se eu ainda não consegui fazer a sua cabeça, aguarde os próximos posts.

Siga este blog no Twitter: @drisetti

DICAS PARA CURTIR A ESPANHA NO INVERNO

Continua após a publicidade
Publicidade