Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

El Nido, Filipinas, o lugar mais bonito do mundo: a nova Tailândia?

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 15h44 - Publicado em 21 jan 2013, 11h50

El Nido, nas Filipinas: corra enquanto ainda há tempo

Esta foi a minha segunda viagem às Filipinas. A primeira foi três anos atrás. Naquela ocasião, voltei chocada com o que havia encontrado. El Nido, ao norte da ilha de Palawan, não apenas me pareceu o lugar mais bonito em que já havia estado, como também revelou-se um segredo conhecido por poucos. 

“Você conhece Maya Bay, a praia tailandesa onde foi gravado o filme A Praia, com o Leonardo DiCaprio? Pois em El Nido há dezenas de praias parecidas com aquelas onde você pode ter o prazer de estar só, algo impossível na Tailândia”. Esse era o mote da propaganda boca a boca que me encarreguei de fazer desde então. Mas, ao que tudo indica, a coisa já não é bem assim. 

Nos últimos anos, várias edições do reality show Survivor (entre elas, a edição sueca) foram gravadas no arquipélago de Bacuit, que engloba as deslumbrantes ilhotas acessíveis a partir de El Nido. A aparição dos cenários absurdamente perfeitos na mídia está gerando o efeito A Praia. Em outras palavras, El Nido está bombando.

Não estive lá desta vez. Mas um amigo com o qual estava viajando passou uma semana em El Nido e voltou com relatos de dar calafrios (a quem preza o sossego e as rotas alternativas). Se antes os barcos de turistas levavam no máximo meia dúzia de pessoas nos passeios pelo arquipélago de Bacuit, hoje estão levando até 20. O número de embarcações também se multiplicou. Se nos bons tempos você topava com no máximo três ou quatro em cada praia (e, às vezes, nenhuma), hoje em dia chega a ser difícil encontrar um lugar para atracar. O típico churrasco de peixe incluído nos passeios também virou um mico: há dezenas de mesas e churrasqueiras em ação ao mesmo tempo, que transformam o lugar na feira de Acari. 

Mesmo que as próximas edições de Survivor sejam gravadas em Burkina Faso e deixem El Nidoem paz, a inclusão deste novo paraíso na rota obrigatória do Sudeste Asiático já está feita. É caminho sem volta. A você, que ainda não esteve por lá, resta acelerar o passo antes que a coisa degringole de vez.

Siga @drisetti no Twitter

Publicidade