Nelspruit

Site: http://www.mbombela.gov.za/

População: 21.500 hab

Fuso horário: +5h (horário de Brasília)

Distância de outras cidades: Johannesburgo 344 km, Cidade do Cabo 1750 km, Durban 700 km

Nelspruit é uma das cidades que mais valem visitar na África do Sul, por sua riqueza de belezas naturais. Ela está a poucos quilômetros da mais importante reserva animal do país, o Parque Nacional Kruger. Embora eles apareçam em outras regiões, ali é possível ver os famosos Big Five (leão, elefante, búfalo, rinoceronte e leopardo). Nelspruit foi fundada no começo do século 20 e sempre se manteve sonolenta, cravada na rota de Johannesburgo para Maputo, a capital de Moçambique. Mas desde o fim do apartheid tornou-se um dos principais destinos turísticos do país, com um novo distrito comercial, lojas, restaurantes, hotéis. Seu clima subtropical, perfeito para o cultivo de laranjas, e o terreno pantanoso já valeram a Nelspruit o apelido de Flórida sul-africana.

Para quem quiser “ensaiar” para um safári, o Lowveld National Botanical Gardens, nas margens do Rio Crocodile, tem 600 espécies de árvores e 250 de pássaros, além de cachoeiras e trechos de mata fechada. É seguro e pertinho do centro. E bem mais barato que “internar- se” no Kruger.

Um pouco mais ao norte, com fácil acesso por estrada pavimentada, o Blyde River Canyon é uma das grandes atrações da África do Sul, ainda que menos visitado do que deveria. É um dos poucos “cânions verdes” do continente, com desfiladeiros dividindo o espaço com a vegetação de savana. Em alguns pontos, a erosão provocada pelo Rio Blyde criou formações dignas de paisagens lunares. Segure a vontade de chegar logo ao Kruger para gastar pelo menos um dia visitando o lugar.

COMO CHEGAR

O jeito mais fácil de chegar à Nelspruit é através de voos organizados por operadoras locais e vendidos pelas agências. Há também voos a partir da Cidade do Cabo e Johannesburgo, entre outros grandes centros. O aeroporto de Nelspruit, Kruger Mpumalanga, fica a onze quilômetros do centro. Dali até o Centro, ou mesmo diretamente para os parques, partem vans das operadoras. Há a possibilidade de utilizar vans e táxis até Nelspruit.

Há também a alternativa de utilizar vans e ônibus a partir de Johannesburgo, uma opção barata, mas, dependendo da companhia escolhida, bastante desconfortável.

Informações ao viajante

Línguas: Afrikaans e inglês são os idiomas predominantes na indústria turística

Saúde: Exige certificado para febre amarela para maiores de um ano de idade. A África do Sul tem diversas áreas com incidência dos mosquitos transmissores da malária e da dengue. O Parque Nacional Kruger é uma delas. Não há vacina, portanto use repelentes.


Melhor época para visitar: Há duas estações distintas na região, o verão e o inverno. No verão há mais chuvas e a vegetação fica exuberante; o calor chega a mais de 30 graus. No final de Novembro muitos animais nascem e é um bela cena, mas exatamente por causa da vegetação alta que fica mais difícil observá-los. O inverno é mais frio (com mínimas de 5 graus), a vegetação mais seca, e é um pouco mais fácil observar os animais.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.