Durban

Site: http://www.durban.kzn.org.za

População: 3.500.000 hab

Fuso horário: +5h (horário de Brasília)

Distância de outras cidades: Cidade do Cabo 1637 km, Port Elizabeth 911 km, Johannesburgo 568 km

Dentro do Victoria Street Market, indianos vendem temperos, carnes, peixes, saris e quase tudo o que puder imaginar. Mas se o que se procura é um elixir do amor ou algum outro feitiço, aí é preciso visitar um sangoma, o tradicional curandeiro zulu. Sem problemas. Você está em Durban, na província de KwaZulu-Natal, no litoral sudeste da África do Sul. Terceiro centro urbano do país, com 3 milhões de habitantes, a cidade concentra a maioria da numerosa etnia zulu e é a maior cidade indiana fora da Índia: 1 milhão de descendentes.

Sua diversidade atrai o grosso do turismo doméstico. A 588 quilômetros de Johannesburgo, ela tem um dos trechos do litoral sul-africano mais agradáveis. Banhadas pelo Oceano Índico, suas praias são aquecidas pelas correntes quentes vindas de Moçambique, sempre a apenas 2 ou 3 graus abaixo da temperatura ambiente.

O trecho de seis quilômetros, conhecido como Golden Mile, é dividido em pontos para surfe, para bodyboard ou para fazer nada mesmo – todos protegidos por redes, para manter os tubarões afastados. O calçadão, com aquele jeito de praia turística, concentra os principais hotéis e resorts, restaurantes, bares, feirinhas de artesanato, passeios de riquixá. Uma festa.

A lembrar a passagem pioneira de Vasco da Gama em seu caminho para a Índia, o monumental relógio Da Gama, construído em 1897, domina uma das pontas do The Point and Victoria Embankment, área que reúne lojas, restaurantes, teatro, o mercado de peixe e também o Shaka Marine World. O complexo engloba um dos maiores aquários do mundo, com mais tubarões do que qualquer outro, um parque Wet’n Wild e shows de golfinhos.

COMO CHEGAR

A cidade é bem conectada com Johannesburgo, o maior hub logístico da África do Sul, por via aérea e terrestre. A companhia nacional South African Airways possui voos diretos de São Paulo à cidade e de lá é possível chegar a Durban, utilizando o aeroporto King Shaka International. Distante 40 quilômetros da cidade, as duas únicas formas de transporte até o Centro são táxis (a partir de US$ 50) e vans (US$ 11).

Ferroviário – Durban possui diversos serviços de trem até Johannesburgo. O serviço Shosholoza Meyl (www.shosholozameyl.co.za) vai atleva 11 horas, por Rand 290). Há duas classes disponíveis: econômico, viajando em assentos comuns, e turísticos, com camas simples. Há ainda uma alternativa luxuosa, o Premier Classe (www.premierclasse.co.za), que possui vagões muito confortáveis e incluem as refeições no preçoe custa Rand 990, com viagens que duram 14 horas, com duas saídas semanais.

 

Informações ao viajante

Línguas: Inglês,africâner,xhosa e zulu

Saúde: Recomenda-se possuir certificação para vacina para febre amarela


Melhor época para visitar: De setembro a maio. Os meses de inverno podem ser bem frios.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.