Aspen-Snowmass

Site: http://www.aspensnowmass.com População: 7.000 hab Fuso horário: -4h (horário de Brasília) DDD: 970 Distância de outras cidades: Denver, 350 km

Aspen-Snowmass é o resort de esqui favorito das celebridades norte-americanas. Localizadas a 350 quilômetros de Denver, a capital de seu estado, o Colorado, a região tem se popularizado bastante entre os esquiadores brasileiros. São quatro estações em diferentes montanhas, com a base localizada a cerca de 2400 metros de altitude:

Aspen Mountain, em Downtown Aspen: são 8 lifts, 76 pistas e 1000 metros de diferença vertical. Muito prática de ser explorada, contando com boa infraestrutura. Possui diferentes níveis de dificuldade, mas não é para iniciantes: 50% das trilhas são difíceis, sendo que metade destas é reservada para experts.

Aspen Highlands, a 3 milhas de Aspen, conta com 5 lifts, 118 trilhas e 1100 metros de elevação. Possui algumas das pistas mais difíceis e disputadas dos Estados Unidos.

Buttermilk, a 3 milhas de Aspen e 6 milhas distante de Snowmass. Possui 8 meios de elevação, 44 pistas e 620 metros de amplitude. Bom para crianças, iniciantes e famílias. Sede de competições do X-Games e tem um dos melhores half-pipes da América do Norte.

Snowmass, a 9 milhas de Aspen e junto à vila homônima, conta com 21 lifts, 94 rotas e quase 1350 metros de diferença vertical. Possui a mais ampla infraestrutura das quatro, com muitos restaurantes, meios de elevação, pistas variadas (6% são para iniciantes, 47% intermediários, 17% difíceis e 30% expert. Possui ainda três snow parks, um pipe de 22 pés e outro para iniciantes.

O passe combinado dá direito ao uso das quatro locações. São dezenas de quilômetros de trilhas não demarcadas, pistas para os mais diferentes níveis, meios de elevação (gôndolas e teleféricos) modernos, escolinha para iniciantes, cursos com bumps e rampas. Enfim, tudo para quem curte esqui telemark, alpino e snowboard.

A infraestrutura hoteleira, de serviços e restaurantes, está concentrada na cidade de Aspen e na vila de Snowmass, distante cerca de 20 quilômetros. Há muita badalação, bares exclusivos, boates, lojas de venda e aluguel de roupas de inverno e equipamentos de esqui, lanchonetes e cafés por aqui, tudo com muito charme e elegância. Para quem quer praticidade, há muitos hotéis ski-in e ski-out, colado às pistas. Além disso, todas as estações contam com ampla área para crianças e para aqueles que estão iniciando no esporte.

COMO CHEGAR

Aspen-Snowmass possui um pequeno aeroporto, o Pitkin, que recebe vôos frequentes com a United Airlines (desde Chicago, San Francisco, Los Angeles, Houston e Denver) e American Airlines (desde Dallas e Los Angeles).

Outra forma de chegar lá é utilizando o Aeroporto Internacional de Denver e dali seguir de carro, um trajeto de 350 quilômetros. A desvantagem da distância é compensada com menos cancelamentos de vôos devido ao mal tempo e maior número de serviços a partir de cidades como Nova York, Detroit, Miami e Washington D.C. Do aeroporto ao hotel, é possível pegar um táxi ou marcar um traslado com a Colorado Mountain Express.

De carro, a partir de Denver, tome o rumo da interestadual 70, passando por Vail, daí seguindo pela rodovia 82. É bom estar preparado para pegar neve na estrada. Há também serviços de ônibus interligando as duas cidades.

COMO CIRCULAR

Há serviços de ônibus grátis que circulam dentro das vilas de Aspen e Snowmass. Para o trajeto entre as duas cidades, passagens são cobradas a preços baixos. Há também um serviço gratuito de vans entre as quatro estações de esqui.

QUANDO IR

Aspen é mais conhecida pela movimentada temporada de esqui (de meados de novembro a março), mas há o que fazer também no resto do ano. De junho (fim da primavera) a outubro (meio do outono), há muitas atividades que tiram máximo proveito das montanhas da região. Trilhas de trekking, canoagem, escalada, pesca e mountain bike são muito praticados nesta época, que também contam com festivais culturais no alto verão.

No período entre o Natal e o Réveillon e na última semana de janeiro as diárias são mais altas e há poucas vagas nos hotéis. O mesmo ocorre no pico do verão, em julho e agosto. Há dois períodos em que Aspen fica particularmente pouco interessante: do meio de abril ao fim de maio os campos estão queimados pelo fim do inverno e meio barrentos por conta do degelo. O período entre o fim de outubro e meados de novembro, quando começam as primeiras nevascas, também é lamacento.

Atualizado em 8/9/2015

LEIA MAIS:

Aspen: o resort de esqui favorito dos brasileiros

Restaurantes quentinhos para comer bem em Aspen

Os dez melhores resorts de esqui dos EUA e da Europa

Informações ao viajante

Línguas: Inglês

Saúde: Lembre-se que Aspen está a 2400 metros de altitude em sua base. Convém se adaptar ao frio e à altura antes de se aventurar pelas pistas.

Melhor época para visitar: Inverno, é claro. A temporada começa no fim de novembro e vai até abril. Porém, o período que vai de maio (fim da primavera) a outubro (começo do outono), oferece uma miríade de atividades ao ar livre, como canoagem, mountain bike, trekking e festivais de verão

Publicidade