Como se dar bem nas baladas de Berlim

Piriguetes, garotos de camisa pólo, peruinhas de balada brasileira ou até gente comum que se arruma pra ir à balada, melhor ler as singelas linhas abaixo para se dar bem nas baladas eletrônicas em Berlim:

  1. A não ser que a balada seja temática não se arrume muito! A maioria das baladas tem police door e as chances de entrar aumentam a medida que você ostente uma aparência mais largada.
  2. Um item para reforçar a primeira regra e deixar bem claro que isso é muito importante mesmo: es-ti-lo. Sabe aqueles vestidos coladões e salto alto? Deixe em casa. Não tenha medo de beirar o mal arrumadinho ou descombinado. Só não vai pirar e se fantasiar de Falcão! Neste caso menos é mais.
  3. Se estiver em grupo divida-se e não fique causando na fila. Os leões de chácara preferem gente discreta e não curtem muito turistas com cara de turista. Se misturar aos locais ajuda. Deixar tatuagens a vista, também! Estar sozinho na fila, homem ou mulher, é bem tranquilo. Ative o “tô nem aí” mode e vai, que dá certo.
  4. As pessoas vão na balada pra ouvir música, ponto. Ah! E são bem abertas a quem curte música eletrônica. Todos estão ali atrás de lineup (a seleção de DJ’s) da noite. Azaração e pegar no braço “dasmina” está fora de cogitação.
  5. Não é uma regra, mas dependendo da balada as pessoas também vão para pirar, muito. Leia-se ficar pelado ou fazer performances malucas. Pra gente pode ser meio desconfortável mas lá ninguém liga e não invade o espaço alheio.
  6. As baladas vão até 9, 10, 11 da manhã. Pode ir até meio dia, da segunda feira. Ã-rã. É isso mesmo.
  7. Para iniciados em música eletrônica: A noite começa com a balada pra ouvir música. Para leigos a coisa termina aqui. Agora, se você for convidado pro after (que pode ser num lugar mais reservado da mesma balada ou em outro lugar) esteja avisado que pode presenciar uso de drogas e com certeza a música será pesadona. O programa não para aí, a balada termina de fato com o chillounge, que é na casa de alguém (provavelmente alguém que você acabou de conhecer) e serve pra relaxar, conversar e conhecer melhor as pessoas. Mesmo se você for sozinho e não conhecer ninguém, se começar a trocar ideias de música na balada pode ir parar no sofá da sala de um berlinense.

Agora que você já sabe o básico, vai um site legal pra acompanhar a programação dos melhores DJ’s de música eletrônica da cidade: RA Resident Advisor

Se você quiser ver como enxergo minhas viagens, siga-me no Instagram: @anaclaudiacrispim

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s