Além-mar Rachel Verano rodou o mundo, mas foi por Portugal que essa mineira caiu de amores e lá se vão, entre idas e vindas, quase dez anos. Do Algarve a Trás-os-Montes, aqui ela esquadrinha as descobertas pelo país que escolheu para chamar de seu

Quarentena na cozinha: grandes chefs portugueses ensinam receitas!

Com o estado de emergência em Portugal, chefs estrelados vão para trás das câmeras ensinar pratos típicos (e deliciosos!)

Por Rachel Verano Atualizado em 9 abr 2020, 14h57 - Publicado em 9 abr 2020, 14h48
O chef José Avillez: duas estrelas Michelin e dicas diretamente de sua cozinha em casa Bruno Barata/Reprodução

Já não é novidade para ninguém que um dos efeitos imediatos da quarentena foi o nascimento de cozinheiros instantâneos no mundo todo. De repente, pessoas que antes compartilhavam fotos de finais de semana, festas e viagens maravilhosas passaram a publicar receitas daquele bolo secreto da avó, da aventura de testar uma receita complicadíssima de um master chef, da alegria de comer pudim e massa e bolo todo dia. Os mais ousados começaram logo a fazer pão e esnobar o resto da humanidade – não demorou muito e a falta de fermento inclusive já virou notícia no mundo todo, para desespero geral (eu confesso que nunca fiz pão, mas diante da impossibilidade da primeira vez entrei em semi-pânico até encontrar uns envelopinhos no delivery de um pequeno mercado do norte de Portugal).

Aproveitando o cenário, e com os restaurantes fechados desde que foi decretado o estado de emergência em Portugal (em vigor desde o dia 19 de março), grandes chefs trocaram a bancada de seus restaurantes estrelados pela cozinha de casa e começaram a ensinar receitas. Taí uma ótima oportunidade de matar as saudades dos sabores da Terrinha e de quebra incluir uma receita nova no repertório da quarentena!

  • O onipresente José Avillez, comandante de quase duas dezenas de restaurantes em Portugal (entre eles o duas estrelas Michelin Belcanto, em Lisboa) ficou ainda mais famoso no Brasil ao ser jurado do reality Mestre do Sabor, da Globo, ao lado de Katia Barbosa e Leo Paixão. Suas casas são ponto de peregrinação quase obrigatória na viagem de 10 entre 10 brasileiros que  pisam por aqui. Já pensou replicar em casa as delícias que saem de sua cozinha? Em sua conta de instagram @joseavillez, ele já ensinou a fazer fígados de aves salteados com uvas e vinho do Porto, tortilla de aspargos com presunto cru e queijo parmesão, risoto de cogumelos… As fotos e receitas estão no feed. Não perca os stories, onde ele começou a detalhar o passo a passo!

    Divido aqui uma receita fácil que, só de olhar, dá água na boca: camarões à Bulhão Pato!  Uma releitura do clássico português normalmente feito com amêijoas, à base de vinho branco, alho e, claro, coentros! Anote aí:

    View this post on Instagram

    Camarões à "Bulhão Pato" Depois enviem as fotos dos vossos pratos. #stayhome #staysafe #cookathome #juntossomosmaisfortes Passe para o lado para ver a receita

    A post shared by José Avillez (@joseavillez) on

    INGREDIENTES

    • 800g de camarões limpos de descascados
    • 50g de alho descascado, em lâminas
    • 80ml de vinho branco
    • Um toque de suco de limão
    • Coentros picados finamente
    • Azeite
    • Sal

    MODO DE FAZER

    Tempere os camarões com sal. Aqueça uma frigideira com azeite, coloque o alho e deixe por 30 segundos, sem ganhar cor. Junte os camarões, deixe cozinhar um pouco, vire um a um e acrescente o vinho branco e os coentros. Desligue o fogo, finaliza com o suco de limão e verifique o tempero. Serve 4 pessoas.

    Continua após a publicidade

    Em tempo: Avillez está envolvido em um projeto social emocionante durante a quarentena. Vale a pena acompanhar na mesma conta no Instagram.

    Rui Paula: receitas publicadas em seus livros, agora à distância de um clique Bruno Barata/Reprodução

    Outro grande chef que está dividindo suas receitas com os seguidores é Rui Paula, o único a ganhar duas estrelas na edição 2020 do Guia Michelin em Portugal – sua Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira, nos arredores do Porto, é seguramente um dos melhores restaurantes europeus (e a arquitetura, assinada por Siza Vieira, vem de brinde!). 

    Já estão no feed @chefruipaula receitas publicadas em seus livros, como as migas de alheira, o creme de bacalhau, o medalhão com queijo da Serra da Estrela… e um saboroso queijo brie com compota de três pimentões, perfeito para servir de aperitivo, que divido aqui! Anote ai:

    View this post on Instagram

    Mais um clássico para adoçar este domingo... // One more classic to sweeten this Sunday... #stayhome #chefruipaula

    A post shared by Chef Rui Paula (@chefruipaula) on

    INGREDIENTES

    • 300g de queijo brie
    • 1 pimentão vermelho
    • 1 pimentão verde
    • 1 pimentão amarelo
    • 200g de açúcar
    • 1 gengibre
    • 1 cebola
    • 2 dentes de alho
    • 200ml de vinagre de vinho branco

    MODO DE FAZER

    Prepare a compota: corte os pimentões, a cebola, o alho e o gengibre em cubos muito pequenos. Junte o vinagre e o açúcar e leve ao fogo baixo por 1h30, até ganhar consistência e aparecer o fundo da panela ao passar a colher por ele. Deixe esfriar. Corte o queijo em retângulos compridos, com 1cm de espessura. Doure numa frigideira antiaderente bem quente e reserve. Sirva com um buquê de ervas finas e a compota de pimentões.  

    Bora pra cozinha? Bom apetite!

    Continua após a publicidade
    Publicidade