Porto: onde comer a melhor francesinha

Clássico dos clássicos da "baixa gastronomia portuguesa", o sanduíche de inspiração francesa é incontornável em uma ida à cidade

A clássica francesinha do Capa Negra II: delícia de orgia A clássica francesinha do Capa Negra II: delícia de orgia

A clássica francesinha do Capa Negra II: delícia de orgia (Bruno Barata/Reprodução)

Linguiça. Salsicha. Presunto. Outros embutidos mil, variados e muitas vezes não identificados. Um bife. Por cima do pão, uma camada generosa de queijo derretido. Por cima da camada generosa de queijo derretido, um molho denso, de consistência aveludada. No topo, para coroar, um ovo – de gema mole. Para acompanhar – UFA! – batatas fritas.

Um close no X-tudo portuense Um close no X-tudo portuense

Um close no X-tudo portuense (Bruno Barata/Reprodução)

A francesinha é isso mesmo que você está pensando: uma orgia, uma loucura. Mas uma orgia dessas imperdíveis, ainda que seja só para matar a curiosidade de como tudo isso junto é possível. E curiosamente bom, especialmente com uma imperial para escoltar. 

Reza a lenda que a francesinha nasceu da imaginação de um português emigrado na França, que teria se inspirado no croque monsier, o clássico dos clássicos franceses.

Há endereços tradicionais no Porto que ficaram famosos nos quatro cantos pelas francesinhas que preparam. São eles o Café Santiago, o Barcarola Café, o Bufete Fase, o Capa Negra II.

O salão do Capa Negra II: sempre lotado O salão do Capa Negra II: sempre lotado

O salão do Capa Negra II: sempre lotado (Bruno Barata/Reprodução)

Desta vez fui ao Capa Negra II. Lotado, como sempre. Serviço rápido, desses que nem te deixa pensar direito (é para nem ter dúvida: francesinha com ovo!). Mas antes, permita-se pedir rissóis de carne – costumam estar meio gordurosos, mas faz parte da experiência.

Reserve a sua hospedagem no Porto com o Booking.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s