Piacere, Itália! Depois de passar um mês rodando a Toscana, Bárbara Ligero caiu de amores pela terra da bota e se matriculou em um curso de italiano. Atualmente, está aprendendo a gesticular com perfeição

Uma viagem pela Itália através da vida de Leonardo da Vinci

No 500° aniversário da morte de Leonardo, conheça algumas obras fundamentais do gênio renascentista que permanecem em território italiano

Por Barbara Ligero Atualizado em 5 fev 2020, 16h18 - Publicado em 22 abr 2019, 17h05

Leonardo da Vinci dispensa apresentações. O homem renascentista que foi, ao mesmo tempo, pintor, escultor, arquiteto, engenheiro e astrônomo faleceu em 1519, exatamente 500 anos atrás. Apesar do local de sua morte ter sido Amboise, na França, ele passou a maior parte da vida na Itália. Por isso, quem viaja para a terra da bota pode ver diferentes lugares e obras relacionados ao gênio. Confira algumas delas:

1. Vinci

Cidade de Vinci vista do alto Bo&Ko/Flickr

Leonardo não tinha um sobrenome. Na época, o termo “da Vinci” significava apenas que Leonardo era da comuna de Vinci, na Toscana. O local exato de seu nascimento é Anchiano, um pequeníssimo vilarejo que preserva uma casa onde o gênio teria passado a sua infância. Já na cidade de Vinci em si, que é bem charmosa, você poderá visitar também a Igreja de Santa Croce, onde ele foi batizado, e o Museo Leonardiano, com réplicas de algumas de suas invenções.

  • 2. Museo Leonardo da Vinci, Florença

    Museo Leonardo da Vinci, Florença, Toscana, Itália
    Sala com as engenhocas criadas por Leonardo Museo Leonardo da Vinci/Divulgação

    Nada de miniaturas por aqui! No Museo Leonardo da Vinci de Florença, você poderá ver as máquinas desenhadas pelo renascentista em tamanho real e em funcionamento. Algumas delas são inclusive interativas, de forma que você poderá movimentar os mecanismos para ver como os projetos de Leonardo funcionariam na prática.

    3. Gallerie degli Uffizi, Florença

    A Anunciação Leonardo da Vinci Galleria degli Uffizi Florença
    A Anunciação, de Leonardo da Vinci Divulgação

    Quase todo dedicado à pinturas renascentistas, as Gallerie degli Uffizi guardam três quadros de da Vinci, incluindo o Annunciazione, que teria sido o seu primeiro trabalho. Os outros dois são o Adorazione dei Magi, que foi deixado inacabado quando o gênio se mudou para Milão, e o Battetismo di Cristo, pintado em conjunto com Andrea del Verrocchio.

  • 4. Pinacoteca Ambrosiana, Milão

    O quadro faz parte do acervo do museu Leonardo da Vinci/Wikimedia Commons

    Já em Milão, é na Pinacoteca Ambrosiana que você verá os projetos de Leonardo: folhas e mais folhas onde ele desenhava detalhadamente as suas invenções. Repare também nas anotações, todas escritas em sentido reverso. Além disso, ali fica mais uma de suas pinturas, o Ritratto di Musico.

    Continua após a publicidade

    5. Última Ceia, Milão

    A Última Ceia, na Santa Maria delle Grazie, Milão, Itália
    A Última Ceia, de Leonardo da Vinci White House Photo/Alamy Stock Photo/Latinstock/Reprodução

    A pintura mais famosa de Leonardo da Vinci (e uma das pinturas mais famosas do mundo) é, na verdade, um afresco. Isso significa que a Última Ceia foi feita para decorar uma das paredes do refeitório do monastério de Santa Maria delle Grazie, em Milão. Encomendada pelo duque Ludovico Sforza, sua grande sacada foi retratar o momento exato em que Jesus anuncia que seria traído por um dos apóstolos naquela mesa, o que dá bastante movimento à obra.

  • 6. La Vigna di Leonardo, Milão

    Os jardins da Casa degli Atellani, dentro da propriedade Vigna di Leonardo/Divulgação

    Como forma de agradecer pelo seu trabalho na Última Ceia, o duque Ludovico Sforza presenteou Leonardo da Vinci com uma vinha. Como o pintor nasceu entre os vinhedos da Toscana, o intuito era que a propriedade fizesse com que o pintor se sentisse em casa, apesar de estar bem no centro de Milão. Detalhe: a propriedade possui 7 quartos muitos confortáveis onde é possível se hospedar, clique para saber mais.

    7. Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia, Milão

    Museu Nacional da Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci em Milão, Itália
    Engenhocas projetadas por Leonardo da Vinci estão em exposição no museu Divulgação/Museu Nacional da Ciência e Tecnologia

    Maior museu técnico-científico da Itália, o Museo Nazionale della Scienza e della Tecnologia possui uma galeria dedicada às máquinas do gênio renascentista. A proposta é semelhante ao Museo Leonardo da Vinci de Florença: ali você poderá ver desenhos e modelos dos projetos.

  • 8. Sala delle Asse, Milão

    Progressos na restauração da Sala delle Asse Hoclab/Wikimedia Commons

    Atualmente fechada para restauros, a Sala delle Asse é um salão dentro do Castello Sforzesco que foi ricamente decorado por afrescos de Leonardo da Vinci. Felizmente, o espaço será aberto para visitações entre 16 de maio de 2019 e 12 de janeiro de 2020, uma oportunidade única de apreciar as pinturas que representam plantas, frutas, raízes e pedras.

    Acompanhe minha vida na Itália no Instagram: @barbara.ligero

    Continua após a publicidade
    Publicidade