Piacere, Itália! Por Blog Depois de passar um mês rodando a Toscana, Bárbara Ligero caiu de amores pela terra da bota e se matriculou em um curso de italiano. Atualmente, está aprendendo a gesticular com perfeição

Onde comer a melhor carne da Toscana

Um dos açougueiros mais famosos do mundo, Dario Cecchini possui três restaurantes especializados em carne no coração do Chianti

Por Barbara Ligero Atualizado em 4 Maio 2018, 14h25 - Publicado em 28 nov 2017, 18h49

Quem vai para Toscana não come só massa, não. Além de um dos pratos típicos da região ser a bistecca alla fiorentina, um pedação de filé bovino mal passado, essa é a terra de um dos açougueiros mais famosos do mundo.

De uma família de oito gerações de macellai (açougueiros), Dario Cecchini se dedica a estudar como aproveitar a carne dos animais ao máximo e também qual a melhor forma de preparar esses cortes.

Dario trabalhando em seu açougue Neeta Lind/Flickr

Apesar de ter conquistado fama mundial, ainda hoje é possível encontrar com ele na pequenina cidade de Panzano in Chianti. É ali que fica o seu açougue, a Antica Macelleria Cecchini, e os seus três restaurantes, por onde ele costuma passar cumprimentando os clientes.

Em todos os estabelecimentos o clima é descontraído e o ambiente, rústico, apesar de haver alguns toques de modernidade na decoração. O que mais me chamou a atenção foram as mesas compridas, onde completos desconhecidos sentam-se lado a lado, quando não de frente um para o outro, como uma grande famiglia.

Os arredores de Panzano in Chianti Mireille Muggianu/Flickr

Para quem está fazendo um tour pelas vinícolas do Chianti, uma boa ideia é comprar uma garrafa de vinho e levá-la consigo para o almoço, já que nenhum dos restaurantes cobra taxa de rolha. Depois, basta escolher um dos três, que poderiam ser divididos por nível de fome:

Dario Doc

Prato simples, porém Toscano, do Dario Doc Tuscan Traveler/Reprodução

Opção mais econômica, serve uma espécie de fast food de qualidade. O prato que eu escolhi foi o Mac Dario, que por € 10 vem com hambúrguer de carne bovina, batatas assadas, legumes e cebola. Mais farto, o Super Dario custa € 15 e acrescenta tomates e feijão. Já o Accoglienza, de € 20, mistura o “chianti sushi” (beef tartar) com porco assado e bolo de carne.

Aberto de segunda a sábado das 12h às 15h.

Continua após a publicidade

Solociccia

Um dos pratos do menu fechado do Solociccia Antica Macelleria Cecchini/Divulgação

Para quem está com um pouquinho mais de fome, o menu fixo de € 30 inclui pratos com diferentes tipos de carne. Acompanhados de legumes, feijão branco, grão de bico, saladas e pães, são servidos ragú de carne e carnes assadas.

Aberto diariamente para o almoço, às 13h, e para o jantar, às 19h e às 21h.

Officina della Bistecca

Prepare-se para comer muito Dave & Margie Hill/Flickr

O próprio site do restaurante avisa: “A Officina della Bistecca não é recomendada para aqueles com pouco apetite”. Em se tratando de italianos, eu levaria esse conselho bem a sério. Paga-se € 50 para comer carnes nobres, incluindo as típicas bistecca alla fiorentina, costata di manzo e bistecca panzanese.

Aberto diariamente para o almoço, às 13h, e para o jantar, às 20h. É recomendável reservar com antecedência.

Siga-me no Instagram: @barbara.ligero

  •  

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade