Dos três melhores hostels da América Latina, dois ficam no Brasil; conheça

O site colaborativo de reservas de albergues Hostelworld premiou os três melhores hotéis de cada continente. Dos melhores da América Latina, dois são brasileiros: o Discovery Hostel, no Rio de Janeiro (RJ) e o Barra Beach Club Oceanfront Hostel, em Florianópolis (SC). O terceiro lugar ficou com o chileno H Rado Hostel, de Santiago.

A premiação, carinhosamente apelidada de Hoscars (Hostelworld Customer Annual Ratings), é baseada na classificação que os usuários do site enviam sobre cada hostel. Veja mais detalhes sobre cada um dos vencedores da América Latina:

Discovery Hostel

  • Rua Benjamin Constant, 26, Glória, Rio de Janeiro (RJ)
  • Diárias desde R$ 51 nos quartos coletivos a R$ 90 nos quartos privados (fique atento: os preços sobem na Copa do Mundo).
A sala do hostel, onde os mochileiros se encontram

A sala do hostel, onde os mochileiros se encontram

Construída no século 19, a antiga casa de veraneio da baronesa do Rio Negro, Eufrásia Teixeira Leite, agora é o Discovery Hostel – o melhor da América Latina, segundo o Hostelworld. O lugar tem 27 camas divididas em quatro dormitórios compartilhados, além de dois quartos privados.

discovery-hostel-2

A decoração colorida também está dentro dos quartos

Barra Beach Club Oceanfront Hostel

  • Servidão da Prainha, 122, Barra da Lagoa, Florianópolis (SC)
  • Diárias desde R$ 40 nos quartos compartilhados e R$ 60 nos quartos privativos.
O hostel tem café-da-manhã e bar com vista para a praia

O hostel tem café-da-manhã e bar com vista para a praia

Localizado em uma praia quase deserta, o hostel oferece duas refeições: tem café-da-manhã e jantar com vista para o Atlântico. O café está incluso na diária, e o jantar (o hóspede pode se servir à vontade) custa de 8 a 10 dólares. Para a alegria dos gringos, a primeira caipirinha é grátis.

Um dos quartos privativos do hostel

Um dos quartos privativos do hostel

H Rado Hostel

  • Pio Nono 5, Providencia, Barrio Bellavista, Santiago, Chile
  • Diárias desde R$ 50 nos quartos compartilhados e R$ 66 nos dormitórios privados
Tem mesa de pebolim. Não precisa dizer mais nada!

Tem mesa de pebolim. Não precisa dizer mais nada!

Indicado pelo guia dos hostels que saiu na revista Viagem e Turismo de fevereiro, o Rado tem o rock’n’roll como inspiração. Além da sala comunal, há um terraço (de vez em quando rolam uns churrascos ali) com vista para o bairro de Bellavista.

Cada cama das beliches possui uma luminária pessoal

Cada cama das beliches possui uma luminária pessoal

(via)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s