Sabores colombianos em São Paulo condimentam minha cabeça que espera por Narcos

Assim como o chinelo Havaianas, que foi de adereço popular tupiniquim a mania vendida em euros no mundão, a Colômbia se reinventou, se reposicionou no inconsciente coletivo com seu realismo mágico, tocante como uma tela de Fernando Botero.

E pensar que há 15 anos, na Copa América de futebol, não somente a Argentina se recusou a disputar o torneio em solo colombiano como Mauro Silva, volante brasileiro, fugiu à luta do escrete canarinho, um golpe na família Scolari.

Isso porque Pablo Escobar havia sido exterminado 8 anos antes.

Com El Patrón neutralizado e o tempo se passando, a coisa foi cambiando.

Aí a Colômbia foi se enchendo de confiança e se transformando, tijolo com tijolo num desenho lógico (Buarque de Hollanda, Chico), com a força de seu gentil povo, e, claro, de suas belezas, inclusive caribenhas como as da venerável Cartagena.

Arepa do Sabores de Mi Tierra, petisco de rua icônico colombiano / Divulgação

Arepa do Sabores de Mi Tierra, petisco de rua icônico colombiano / Divulgação

(Ah, o onipresente peixe combinado com arroz de coco e patacones, bananas da terra verdes e fritas….)

Não bastassem tantos predicados, há constantes promoções de voos com preços atrativos ao bolso do brasileiro, que tornam a Colômbia um destino tão tentador quanto a limonada batida com creme de coco… Tão atraente quanto a Sofia Vergara.

Claro, o país segue com mazelas e perrengues de terceiro mundo, mas vai no caminho do bem, ao contrário de outro país que conheço, por sinal, o que habito.

A gastronomia, então, é um golpe nas papilas que fica na memória, assim como as atrocidades cometidas por Pablo Escobar, retratadas em Narcos, que chega à segunda temporada.

Está certo, ver o brasileiro Wagner Moura a representar o medellinense Pablo Escobar é mais ou menos como escalar o Samuel L. Jackson para protagonizar um filme como Pelé. Por melhor que Wagner se saia, perde em essência, em sotaque, em trejeitos. Mas o Wagner patrón é MUITO BOM!

Ok, Narcos rola a partir da perspectiva americanoide. Não nos esqueçamos: a mesma que arquitetou ditaduras tiranas na América do Sul… Mas, enfim, Narcos é bem bom.

Assim como os dois consulados colombianos deliciosos que pulsam em Pinheiros, ambos com uma vantagem: não há rappers passando de mesa em mesa com um rádio ao som do reggaeton a fim de arrancar um troco seu, como acontece muito na terra shakiriana. A eles:

No Suri tem, lógico, um peixe que El Patrón nenhum põe defeito / Divulgação

No Suri tem, lógico, um peixe que El Patrón nenhum põe defeito / Divulgação

Suri Ceviche Bar

O ceviche, ícone da cozinha andina, sempre despertou muita curiosidade no chef colombiano Dagoberto Torres. Tanta que ele até lançou, com a jornalista Patrícia Moll, o livro Ceviche: do Pacífico para o Mundo.

Ali, ele destrincha a antropologia cevicheira e as versões clássicas de países latinos (no Equador, a mais popular recebe camarão e pipoca).

E, no Suri, ele nos deleita com versões como o Tigarah, com peixe, camarão, polvo, cogumelo-de-paris e ova de massagô.

> Rua Mateus Grou, 488, Pinheiros, 11/3034-1763

Frtinha e sequinha, a empanada do Sabores de Mi Tierra vai bem até sem vesícula / Divulgação

Frtinha e sequinha, a empanada do Sabores de Mi Tierra vai bem até sem vesícula / Divulgação

Sabores de Mi Tierra
Essa lanchonete sem frescura, que também faz papel de mercearia, é pilotada pela colombiana Magdalena Torres, tia de Dagoberto Torres, do Suri. Da cozinha saem hits como arepas, discos de massa de milho branco assados e recheados (o de mussarela brilha), e patacones, massas fritas de banana-da-terra cobertas por costela bovina.

E o preço é bem legal pela região em que se encontra.

> Rua Lisboa, 971, Pinheiros, 11/3083-3114

Ah, para quem ainda não viu a série, eis um aperitivo da segunda temporada:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s