Demônio da Garoa Por Blog Meeeeu, cê vai ver que aqui tem de tudo um muito sobre esse mundo chamado São Paulo: restaurantes, botecos, baladas, eventos, praias, esportes… Vale tudo, menos catchup na pizza!

Je suis poutine em SP (isso é Canadá francês na veia!!)

Por Bruno Favoretto Atualizado em 27 fev 2017, 15h30 - Publicado em 14 jan 2015, 11h22

Na Viagem e Turismo de janeiro há uma grande jornada que fiz pelo Canadá, costa a costa, nove cidades que misturam os decoros ingleses e franceses, com um lado selvagem que encanta até quem é tão fornido de belezas naturais, caso do brasileiro.

Mesmo sem grandes rompantes gastronômicos, além do onipresente xarope de maple, claro, um orgulho local é o poutine.

Trata-se de uma batata frita com casca e vários tipos de molhos.

A iguaria nasceu em Warwick, na província de Quebec, na década de 50. Ideia de Monsieur Fernand Lachance, dono do restaurante Le Lutin Qui Rit, que surgiu quando um cliente pediu para que ele preparasse batatas fritas com queijo curds e molho madeira.

Muito prazer, poutine

Muito prazer, poutine

Em SP, um ótimo lugar para provar a receita é o Pecado de Bom, comandado por uma canadense e uma brasileira. São 15 versões. Entre elas, a simples, com sais marinhos temperados, custa R$ 14; a porcotine, com bacon, cheddar e cebolinha, sai por R$ 26; e a original, com molho madeira French Canadian, vinho seco, queijo e cebolinha, também vale R$ 26.

O porcotine, com bacon, cheddar e cebolinha

O porcotine, com bacon, cheddar e cebolinha

Como de costume no país da América do Norte, ele é sem glúten. Anota aí o endereço do Pecado de Bom: Rua Tangará, 141, Vila Mariana, 11/2478-2655 ou 97673-1417; 3ª/4ª 17h30/22h, 5ª/sáb 17h30/23h30

 

Continua após a publicidade
Publicidade