Verão em Barcelona: Teatre Grec terá festival de jazz em agosto

O espaço de shows mais bacana da cidade amplia a sua temporada em 2017

Antes do show, um drinque no jardim espetacular (Ajuntament de Barcelona/Divulgação)

Bares estrategicamente espalhados pelo jardim (Ajuntament de Barcelona/Divulgação)

Em vários níveis, os jardins têm boas vistas da cidade e ficam lindos ao entardecer (Ajuntament de Barcelona/Divulgação)

Os jardins ao cair da noite (Ajuntament de Barcelona/Divulgação)

Passo o ano contando os dias para julho chegar só para ter o privilégio de ir ao Teatre Grec. E, ao fim do mês, choramingo: que conspiração maligna faz com que esse espaço glorioso de Barcelona seja usado apenas 30 dias ao ano? Aleluia: 2017 será diferente. Antes tarde do que nunca, o anfiteatro em estilo grego do parque do Montjuïc abrirá também em agosto – e essa é uma notícia muito boa para os milhões de turistas que visitam a cidade no mês mais movimentado do verão.

 

Tradicionalmente, o Teatre Grec acolhe parte do Festival Grec de Barcelona. A programação tem um mix de dança, teatro e música e, nos últimos anos, infelizmente perdeu um pouco o fôlego em termos de qualidade. Ainda assim, ir ao Grec é bom até quando é ruim. As portas se abrem algumas horas antes do show e o jardim deslumbrante que cerca o anfiteatro se transforma em um mundo encantado pontilhado de bares e, mais recentemente, de food trucks. Com uma vista incrível da cidade – principalmente ao cair da noite, quando o público começa a chegar –, o lugar tem uma atmosfera única, que chamarei de mágica sem medo de ser brega (e feliz).

 

Quem aterrissa no Grec em agosto de 2017 pela primeira vez é o tradicional festival Mas i Mas, que abarca vários estilos musicais (com ênfase no jazz) e transita por espaços variados da cidade. Quinze dos show vão acontecer no anfiteatro entre 4 de agosto e 3 de setembro e os ingressos ainda estão à venda com até 20% de desconto. Tem coisa muito boa, como a bailarina de flamenco Eva Yerbabuena e o flautista sérvio Bora Dugic acompanhado da Barcelona Gipsy Orchestra (adoro música balcânica para morrer de dançar).

Barcelona Gipsy Balkan Orchestra, uma das atrações do Festival Mas i Mas (Barcelona Gipsy Balkan Orchestra/Divulgação)

Nos demais meses do ano, o espaço é aberto ao público e pode ser visitado. Ou seja, funciona como um parque. Mas nada se compara a essa atmosfera criada pelo festival e o social que gira em torno dele. Segundo a prefeitura de Barcelona, ampliar a temporada de alegria-alegria do Grec só foi possível devido a um aumento da verba de manutenção em 300 mil euros. De onde veio? Da taxa turística cobrada de todos os que se hospedam nos hotéis de Barcelona desde 2011. Obrigada, turistas!

Os jardins durante o dia (Ajuntament de Barcelona/Divulgação)

Siga @drisetti no Twitter e no Instagram

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s