Achados Por Blog Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

O charme florido de Chaniá, na ilha grega de Creta

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 15h45 - Publicado em 4 out 2012, 21h18

Típico bequinho verde da cidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Eu poderia começar falando dos cafés à beira mar, da fortaleza veneziana que adorna o porto, das ruas estreitas. Mas isso não é exclusividade de Chaniá. Essa linda cidadezinha na ilha grega de Creta me fez cair aos seus pés pela maneira como enfeita suas ruelas e becos. Vasinhos de plantas no batente de uma janela podem até não ser uma coisa de outro mundo. Mas a onipresença de plantas, flores e trepadeiras frondosas transforma aquilo que já seria lindo em algo quase de outro mundo. Gamei.

Mesinha de café sob uma trepadeira poderosa

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

A vista da minha janela 1

 

Continua após a publicidade

A vista da minha janela 2

Os animadíssimos restaurante e bares à beira do porto têm uma bela vista para o mar cristalino, é verdade. Mas o charme da cidadezinha está em seus meandros, nas tais ruas estreitas. No restaurante Kalnterimi fizemos uma das melhores refeições da viagem. Na taverna Tamam jantamos no lugar onde funcionou um banho turco da época do Império Turco-Otomano. No To Xani, escutamos boa música grega. E no mais, flanar, flanar e flanar. Meu deus, que delícia de lugar.

 

Continua após a publicidade

@drisetti

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade