Achados Adriana Setti escolheu uma ilha no Mediterrâneo como porto seguro, simplificou sua vida para ficar mais “portátil” e está sempre pronta para passar vários meses viajando. Aqui, ela relata suas descobertas e roubadas

Fotolog: aventura no busão pelo Camboja

Por Adriana Setti Atualizado em 27 fev 2017, 16h06 - Publicado em 22 fev 2009, 16h02


Hummmm… tarântulas fritas na parada na estrada….


… diliça!


Ímpetos suicidas: TV no último volume com uma espécie de versão cambojana trash de “Os Trapalhões” na programação….


Baratas e outros quitutes à venda na balsa…


Atravessando o Mekong…


Pois éééé!


Meu super “limousine bus” pifou!


Bom, pelo menos foi num lugar bonitinho…

Continua após a publicidade


O motorista bem que se empenhou, mas não teve jeito…


E la fomos nós para a beira da estrada esperar o resgate sob um calor infernal…


Começa o espetáculo: uma cama de casal na garupa!


Um companheiro de mico se escondendo do sol (obs: os joelhos asiáticos deveriam ser estudados pela ciência, dada a capacidade de acocar por horas a fio sem ficar paraplégico).


Eles até que ofereceram carona, pena que estava meio cheio…


“Amigos, o que é aquele ser de cabelo amarelo parado no meio da estrada????”. Em poucos minutos, me tornei a coisa mais exótica que as criancinhas do povoado já viram na frente. E foi juntando gente, juntando gente…


Um porquinho fofo dando os seus últimos suspiros antes de virar curry…


E mais dois coleguinhas – vivos – de bundinha pra cima…


Sempre, sempre, sempre cabe mais um!

Continua após a publicidade

Publicidade