Barcelona de bicicleta, parte 1: a melhor cidade da Europa para pedalar

Barcelona de bicicleta, parte 1: a melhor cidade da Europa para pedalar

Domingão de primavera: a felicidade é uma magrela à beira do Mediterrâneo

Pedalar em Berlim é incrível. Em Amsterdã, uma experiência antropológica. Mas é em Barcelona que deslizar sobre duas rodas é 100% prazer. Compacta, predominantemente plana e ensolarada na maior parte do ano, a capital da Catalunha é uma das cidades mais amigáveis da Europa para ciclistas.

No último fim de semana rodei 20 quilômetros com uma bike do sistema público, o Bicing. Em um belo domingão de sol, passei por mercadinhos de rua, cruzei com a galera que participava da Cursa del Corte Inglés (uma corrida de pouco mais de 10 quilômetros que é tradição na cidade), respirei a brisa do Mediterrâneo e matei um pouco das muitas saudades que estava da cidade que escolhi para viver. Tudo isso, sempre com um pensamento fixo: “isso é qualidade de vida”.

Barcelona tem como prioridade o cidadão não motorizado. Nos últimos 5 anos,  quadriplicou suas ciclovias e tem, atualmente, 201 quilômetros de pistas exclusivas para ciclistas, com asfalto de tapete e sinalização impecável.

Quem vem de fora não tem como usar o sistema público, infelizmente. Mas pode perfeitamente alugar uma magrela (darei as dicas no próximo post) e, com total segurança e pouquíssimo esforço físico (as ladeiras são raras e restritas a algumas áreas da cidade), rodar por todas as atrações que interessam em um trajeto que passa quase 100% do tempo por ciclovias.

Vocês chegaram a ver uma matéria LINDA (modéstia à parte) que saiu na VT de novembro do ano passado? Clique aqui para ler. Ainda dá, também, pra baixar no Ipad (e de graça!). A matéria, assinada por mim, traz uns mapinhas lindos com os roteiros de bici que fiz em Berlim, Paris, Amsterdã e, claro, Barcelona. Para “caber” na revista, tivemos que cortar um pouquinho a versão original. Mas eu vou publicar aqui o roteiro na íntegra, com todas as indicações no Google Maps, ok?

Siga @drisetti no Twitter

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.