A delicia de alugar um apê na Provence

Aix-en-Provence é uma das grandes atrações da Provence. Pequena e bela, a cidadezinha também é cara de doer em termos de hospedagem. Anos atrás, o Viajar Bem e Barato fez um esforço titânico para garimpar acomodação por menos de € 100 na cidade (clique aqui para ler o post). Os 5 hotéis encontrados quebram um galho, mas estão longe de ser uma grande maravilha.

 

Diante disso, minha saída foi alugar um apezinho durante os dias em que passei na cidade para fazer a linda (modéstia arremessada ao lixo) matéria que estampa a capa da VT deste mês. Para minha surpresa, havia bastante coisa boa a preços acessíveis. Depois de muito pesquisar, paguei um total de US$ 334 (ou seja, US$ 111 ou € 80) por três dias, num studiô-coberturinha via AirBnb. Foi um GRANDE negócio. Clique aqui para ver o anúncio (ao vivo é melhor do que nas fotos).

 CLIQUE AQUI PARA VER DICAS PARA MONTAR UM ROTEIRO PERFEITO PELO SUL DA FRANÇA

A "minha" pracinha fofa, no coração de Aix

A “minha” pracinha fofa, no coração de Aix

O apê fica numa das melhores partes do centro de Aix-en-Provence, sobre uma pracinha animada onde funciona um bar de vinhos e uma casa de chás (mas eu não ouvia nada de barulho, mesmo porque o vidro era duplo). Estava sozinha, mas o studio era perfeito para um casal, com um sofá cama confortável na sala-cozinha. O banheiro ficava no andar de baixo. Tudo era novíssimo, limpíssimo, cheio de luz natural e caprichado. As toalhas eram fofas e edredon e travesseiros, impecáveis. A internet wi-fi era rapidíssima e funcionou 100% do tempo. Havia elevador no prédio e só era preciso subir um lance de escada até o apê, que era na cobertura. Ainda que eu tenha chegado bem tarde (quase meia-noite), a simpática proprietária Simone me recebeu com frutas, pão e flores frescas e, sem complicações, entregou a chave.

 

Vista sobre os telhadinhos do Centro histórico do meu terraço

Vista sobre os telhadinhos do Centro histórico do meu terraço

Sob o sol da Provence

Sob o sol da Provence

 

Num lugar onde os pequenos prazeres do cotidiano estão entre as principais atrações vale, mais do que nunca, apostar no fenômeno Airbnb. A principal feira matinal de Aix-en-Provence (às terças, quintas e sábados entre as places la Madeleine e des Prêcheurs) acontecia a cerca de 200 metros do apê. Me fartei de moranguinhos delicados e rosados, melões açucarados e os tomates mais vermelhos que a crosta terrestre já produziu. Também comprei alguns queijos, desfilei pela rua com uma baguete embaixo do braço me achando extremamente provençal e, ao invés de sair para comer, fiz piqueniques no meu próprio terracinho ensolarado. Detalhe: com vista para a pontinha da Sainte Victoire, a montanha-musa de Cézanne.

 

Delícias da feira

Delícias da feira

Mais delícias da feira

Mais delícias da feira

Algumas dicas para alugar um apê em Aix-en-Provence:

– O ideal é ficar no centro antigo. Portanto, pesquise direitinho sobre o endereço antes de alugar. Alguns apês listados pelo AirBnb ficam bem longe do centro.

– Muitos edifícios na França não têm elevador. Se isso for importante para você (e a sua mala), cheque com o proprietário.

– Aix é uma cidade universitária e, durante o verão, muitos estudantes alugam seus apês e quartos pelo AirBnb. Eis uma oportunidade para encontrar pechinchas.

 

Se apê alugado não for a sua praia, clique aqui para ver uma lista de hotéis feita pela mineirinha Natalia do Destino Provence.

 

Capa da revista Viagem e Turismo de junho de 2014

O produto final 🙂

Siga @drisetti no Twitter

 

 

 

 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.