Via Dolorosa

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsSem classificação

Por séculos, o caminho feito por Jesus entre o momento de sua condenação e o sepultamente de seu corpo é lembrada, celebrada e repetida por cristãos de todo o mundo. Em vários locais do mundo, como em Congonhas do Campo e Tiradentes, as estações da cruz são recordadas, mas em nenhum outro lugar os últimos passos de Cristo são tão sagrados do que nas próprias ruas de Jerusalém.

O local exato dos acontecimentos se perdeu com o tempo, mas a trilha marcada nos dias de hoje segue mais ou menos a tradição bizantina de 14 passos. Outros credos seguem 8 ou 9 passos, e fazem rotas completamente distintas, mas o que há de comum entre a maioria delas é que ela se inicia na Igreja da Flagelação, construída sobre o Praetorium de Pôncio Pilatos, e se encerra na Basílica do Santo Sepulcro.

Ao longo da rota pessoas oram para lembrar momentos chave da procissão, como as quedas de Jesus e os encontros com Simão Cireneu e Maria. O caminho da cruz é compartilhado com ruelas comuns da Cidade Velha, portanto não espere muito silêncio e paz, algo que Cristo realmente não teve em seu caminho até o Calvário.

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s