Travessia dos Lagos Andinos

Avaliação do Guia Quatro Rodas starsstarsstarsstarsstarsVale a viagem

A clássica travessia dos lagos andinos, na fronteira entre Chile e Argentina, é quase que obrigatória para os visitantes da região. Nas duas extremidades do roteiro estão a chilena Puerto Montt, capital da Região dos Lagos, e Bariloche, do lado argentino. Entre os trechos mais cênicos estão o Lago de Todos los Santos (com vistas para o vulcão Osorno) e as cachoeiras do rio Petrohué.

A viagem é realizada em sete etapas (quatro terrestres e três lacustres), em um sobe e desce de ônibus e embarcações, e pode ser concluída em um ou dois dias. Como trata-se de um percurso relativamente longo, vale a pena considerar a opção de pernoite na pequena vila de Peulla.

Entre setembro e abril, a travessia pode ser feita em um ou dois dias, com uma estadia em Peulla. Já entre maio e agosto, quando os dias de inverno são mais curtos, o trajeto deve ser feito, obrigatoriamente, em dois dias.

Boa parte das agências que trabalham com pacotes para Bariloche oferecem o passeio, como a Cruce Andino

Informações

local_parking
Estacionamento Sem estacionamento
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.