Teatro Kabukiza

Endereço: Ginza 4-12-15, Chuo-ku - GinzaTraçar rota

Telefone: (81) (3) 3545-6800

Site: http://www.kabuki-bito.jp

Guia Quatro Rodas: starsstarsstarsstarsstarsNão deixe de ir

Prepare-se: é amar ou odiar. O teatro kabuki, uma das formas mais tradicionais e plásticas da dramaturgia japonesa, polariza opiniões. O enredo do show do dia é explicado em folhetos, os personagens são difíceis de confundir, as paramentações são coloridas e belíssimas, o show arrebata a maioria nos primeiros minutos das peças, mas nem todos os espectadores estreantes conseguem segurar o ritmo. Não ajudará em nada se você não fala nada de japonês. Mesmo assim, os movimentos exagerados, os gritos da plateia e a música formam uma atmosfera ímpar. Na dúvida, vale a pena tentar.

O venerado Teatro Kabukiza, em Ginza, é o mais importante do gênero no Japão e é casa para alguns dos melhores atores (sempre homens) da história, que quase sempre passam o ofício de geração para geração. Depois de uma extensa reforma para melhorar seus já antigos ambientes e reforçar sua estrutura contra terremotos, o novo Kabukiza pretende atrair novos públicos, jovens, estrangeiros e japoneses não adeptos.

Dicas para assistir a uma peça:

– Não esqueça de pegar uma programação da peça em inglês;

– O teatro aluga aparelhos com narrações em inglês com fones de ouvido;

– Boa parte dos shows tem um intervalo que dura de 20 a 30 minutos, usualmente entre atos. Aproveite o tempo e faça uma boquinha, comprando uma marmita “obentô” nas lojinhas. Você pode inclusive comer em sua cadeira;

– Os ingressos podem ser adquiridos online (www1.ticket-web-shochiku.com/en/) ou diretamente nas bilheterias.

Sobre o estabelecimento

Horário de funcionamento

Os espetáculos normalmente possuem dois horários, uma matinée (por volta das 11h) e um programa vespertino (iniciando às 16h30)

Formas de pagamento

De ¥ 3,000 (cadeiras superiores) a ¥ 20,000 (boxes)

Estacionamento

Estacionamento (pago)

Mapa

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.